70-410 MB2-703 200-120 70-461 C_TADM51_731 300-320-dumps sy0-401-dumps 210-065-vce pw0-071-practice-test 200-120-ccna-cost c_hanaimp142-dumps 77-427-exam 9l0-066-pdf sale-C9560-503 a00-211-pdf 070-331-dump 352-001-pdf 1z0-047-pdf h12-224-dumps og0-093-dumps-free 400-101-dumps 1v0-605-pdf sale-C2090-620 1z0-242-pdf 70-470-exam 1z0-520-dumps-free-download ex300-exam 070-346-exam 100-101-practice-exam jn0-360-dumps-free-download jn0-692-exam s10-300-dumps 648-232-vce 1z0-599-free-dumps ns0-101-answers 070-412-dump 210-260-vce e20-891-exam sale-70-210 n10-006-pdf ahm-510-certification 220-010-exam 1z0-052-practice-test 700-505-exam sale-C2090-632 700-501-exam n10-005-pdf 70-981-exam 200-101-practice-exam 1z0-060-dumps 642-997-vce C2170-051 C2010-570 3I0-008 ex200-dumps ex200-exam-questions 070-462-dumps 070-680 70-413 C4060-155 OG0-092 1Y0-400 200-101 70-332 98-367 C2020-180 MB6-872 648-232 312-50V8 1Z0-599 220-010 1Z0-052 700-505 C2090-632 700-501 N10-005 70-981 HP2-H35 98-361 070-323 1Z0-876 300-135 1V0-604 642-747 642-742 AX0-100 1Z0-808 OG0-023 ST0-306 C2090-558 JN0-694 S90-09A 300-207 3I0-013 TK0-201 1Z0-061 1Z0-883 HP2-H39 C_TSCM62_66 VCS-273 500-451 TE0-141 500-170 C2020-625 312-75 70-697 HP2-Z34 117-201 C_GRCAC_10 NS0-157 820-427 C_TSCM42_66 300-320-dumps sy0-401-dumps 210-065-vce pw0-071-practice-test 200-120-ccna-cost c_hanaimp142-dumps 77-427-exam 9l0-066-pdf sale-C9560-503 a00-211-pdf 070-331-dump 352-001-pdf 1z0-047-pdf h12-224-dumps og0-093-dumps-free 400-101-dumps 1v0-605-pdf sale-C2090-620 1z0-242-pdf 70-470-exam 1z0-520-dumps-free-download ex300-exam 070-346-exam 100-101-practice-exam jn0-360-dumps-free-download jn0-692-exam s10-300-dumps 648-232-vce 1z0-599-free-dumps ns0-101-answers 070-412-dump 210-260-vce e20-891-exam sale-70-210 n10-006-pdf ahm-510-certification 220-010-exam 1z0-052-practice-test 700-505-exam sale-C2090-632 700-501-exam n10-005-pdf 70-981-exam 200-101-practice-exam 1z0-060-dumps 642-997-vce C2170-051 C2010-570 3I0-008 ex200-dumps ex200-exam-questions 070-462-dumps 70-484 70-498 70-646 98-361 98-366 A30-327 C_BOE_30 C_TSCM42_66 C2010-597 C2020-632 C2020-701 C2020-703 C2040-408 C2040-988 C2070-581 C2150-195 C2160-667 C2180-274 C4040-226 C4090-453 CAS-001 CSSLP C-TERP10-60 E20-018 E20-918 JN0-360 MSC-321 P2080-088 PC0-001 PEGACSA-v6.2 3I0-012 500-051 640-875 640-916 642-427 642-647 642-691 650-663 700-037 70-247
Pubicado em: seg, fev 11th, 2019

Maternidade Evangelina Rosa continua interditada e pacientes temem infecções nas áreas sem reforma

Secretaria de Saúde informou que reformas serão feitas até dezembro deste ano. Casos de média e alta complexidade estão sendo atendidos ainda na maternidade.

Resultado de imagem para evangelina rosa

A Maternidade Dona Evangelina Rosa continua interditada pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) do Piauí. A entidade e os pacientes estão preocupados com os riscos de infecções nas áreas ainda não reformadas, como banheiros das enfermarias.

O CRM identificou nas enfermarias: poltronas rasgadas e um ambiente insalubre. O marido de uma paciente, que preferiu não se identificar, gravou um vídeo com várias infiltrações na parede e no teto do banheiro de uma das enfermarias. Ele contou as dificuldades para a esposa tomar banho no local.

“A gente chega e encontra um banheiro numa situação muito precária. Quando vamos tomar banho, além da água do chuveiro, outro resto de água que cai do outro banheiro, que fica em cima. A gente sai do banho e antes de sair está sujo de novo. O banheiro precisa é de reforma, não de limpeza”, declarou.

Banheiro de enfermaria da maternidade com infiltrações — Foto: Reprodução/TV Clube

Banheiro de enfermaria da maternidade com infiltrações — Foto: Reprodução/TV Clube

De acordo com Dagoberto Silveira, vice- presidente do CRM-PI, os riscos de um paciente ser infectado é relevante. “Tudo isso são focos de infecção, aonde o paciente pode ter infecções gravíssimas. Elas não ficam só em um paciente, mas podem ser transmitidas para outras pessoas”, explicou.

O CRM expediu um documento de interdição do hospital há duas semanas. A primeira aconteceu no dia 21 de novembro de 2018. Desde então, só casos de média e alta complexidades estão sendo atendidos na maternidade, os demais são encaminhados para as maternidades de bairro.

O Governo do Piauí divulgou apresentou algumas mudanças feitas durante dois meses de interdição, como por exemplo, a admissão foi reformada e ganhou uma sala de estabilização e também uma nova sala de radiologia e outra de esterilização de materiais.

O novo prazo dado pelo CRM-PI termina no final de março, mas a maternidade só ser desinterditada se for feita as reformas nas enfermarias, UTI materna, UTI neonatal e outros problemas detectados pelos Conselho.

“As enfermarias estão muito a desejar. Conversamos com alguns médicos, que relataram problemas do laboratório. Exames que demoram e quando chegam já é na data de realizar um novo exame ao paciente. Tudo isso prejudica o bom andamento da maternidade. Vamos continuar fazendo visitas periódicas pra encerrar a interdição ou será novamente prorrogada”, disse Dagoberto Silveira.

CRM-PI realiza interdição parcial do Maternidade Evangelina Rosa  — Foto: Lucas Marreiros/G1 PI

CRM-PI realiza interdição parcial do Maternidade Evangelina Rosa — Foto: Lucas Marreiros/G1 PI

O Secretário de Saúde, Florentino Neto, falou sobre as resoluções dos problemas e disse que as reformas serão feitas até o dia 31 de dezembro deste ano. Ele visitou nesta segunda-feira (11) o Centro Materno Infantil, que vai substituir a Maternidade Dona Evangelina Rosa. A previsão é que o prédio seja construído em dois anos, mas o estado tem recurso para construir cinco dos oito andares da obra.

“Não temos condições de dizer que vamos começar uma reforma hoje e terminar só daqui a dois meses, porque uma obra que duraria naturalmente este período seria em um ambiente desocupado. No caso da maternidade, que está em funcionamento, precisamos obedecer um cronograma, inclusive de preservação das pessoas que estão lá, porque nós temos que obedecer uma série de questões sanitárias”, explicou.

Construção do Centro Materno Infantil, que vai substituir a Maternidade Evangelina Rosa — Foto: Reprodução/TV Clube

Construção do Centro Materno Infantil, que vai substituir a Maternidade Evangelina Rosa — Foto: Reprodução/TV Clube

A Maternidade Dona Evangelina informou que as salas a serem reformadas são as B e C, mas as reformas destas alas estão em processos licitatórios. Já a reforma da ala D deve iniciar nos próximos dias e consequentemente os pacientes serão transferidos para a ala C, que passará por uma adaptação.

Curta nossa página no facebook: http://www.facebook.com/PortalSaibaMais


Fonte: G1 PI