W.Dias aciona a PF para investigar conversas atribuídas a secretário, que podem ser ‘fake’

O governador Wellington Dias (PT) informou que solicitou junto à Polícia Federal uma investigação sobre a divulgação de prints de conversas pelo WhatsApp, atribuídas ao secretário de Comunicação, João Rodrigues Filho. ao assessor Hielbert Ferreira, e ao administrador do grupo Xico Prime, Marciano Arraes.

Para Dias, a situação pode ser caracterizada como uma tentativa de chantagem a agentes públicos.

“Foi autorizada uma investigação no estado, porque, o que a gente verifica, é crime de chantagem. Não é razoável, não é tolerável, que se tenha quem quer que seja usando qualquer forma de comunicação como instrumento de chantagem”, disse em entrevista concedida mais cedo.

“A verdade vai ser elucidada com essas duas investigações”, completou o governador, explicando que além da investigação federal, há outra sendo tocada no âmbito estadual.

Ontem, João Rodrigues Filho registrou boletim de ocorrência apontando os prints de conversa como “fakes”.

 

Fonte: 180graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *