Taxista resgatou quadrilha que metralhou viaturas no interior do Piauí

Na madrugada desta quinta-feira (21), a Secretaria Estadual de Segurança Pública, através do Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (GRECO), Diretoria de Inteligência da Polícia Civil, Divisão de Operações Especiais (DOE) e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), realizaram a prisão dos envolvidos na tentativa de assalto a uma agência bancária da cidade de Castelo do Piauí a 190 km de Teresina no último dia 19 de fevereiro. 

Também foram apreendidos um forte armamento com a quadrilha. Na ação, eles metralharam duas viaturas da PM que estavam estacionadas na frente do Grupamento da Polícia Militar. 

De acordo com o delegado Thales Gomes, até o momento dez pessoas foram presas, mas esse número pode aumentar.  Entre os presos, está o taxista Raimundo Nonato dos Santos que teria resgatado o bando que ficou dois dias na mata. 

Os presos foram identificados como: André Luis Vieira, Marcelo Viana Vieira, Ferndinando Félix da Silva, Wallison Eduardo Costa de Melo, Raimundo Nonato dos Santos (taxista), Mauro Henrique Vieira, Israel da Cruz Santos, Natusalém Nunes Ferreira e Israel da Cruz Santos. 

Foram apreendidos um fuzil calibre 556, com 46 munições; um revólver calibre 38, com nove munições; duas espoletas calibre 20, com doze munições; uma pistola calibre 380 com quatro munições; e uma espingarda de ar comprimido. E um Fiat Gran Siena, taxi de placa PIR-3588, utilizado pelo taxista Raimundo para resgate dos suspeitos, além de aparelhos celulares apreendidos.

Ainda segundo o delegado Thales Gomes, os criminosos são naturais de vários Estados. “Tem uns que são do Maranhão, Bahia, Pernambuco, alguns de Teresina e de Castelo do Piauí. Eles foram presos em vários bairros de Teresina. E com eles apreendido esse vasto armamento. Foi uma grande operação, várias equipes permaneceram no local durante todo esse tempo, fazendo investigações na cidade e conseguimos êxito”, declarou.

Fonte: Meionorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *