Representantes de Jaicós participam do 4º Ciclo de Capacitação do Selo Unicef em Teresina

A secretária de Assistência Social, Karol Meneses, a presidente do CMDCA, Arlete Dias, a coordenadora do Conselho Tutelar, Dilma Pereira e a articuladora do Selo Unicef, Jasmira Leal, representantes do município de Jaicós, estão participando nesta terça-feira (14.maio), no Atlantic City em Teresina do 4º Ciclo de Capacitação do Selo Unicef.

Durante o evento serão abordados os seguintes temas:

Resultado Sistêmico 9: Estratégia de promoção da igualdade racial implementada na rede escolar;

Resultado Sistêmico 13: Serviços integrados de atendimento a crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência ofertados no município;

Resultado Sistêmico 15: Serviços de atendimento socioeducativo em meio aberto disponíveis no município e alimentando os cadastros nacionais; e

Resultado Sistêmico 16: Ações multissetoriais de proteção ao direito à vida dos adolescentes e contra a violência implementadas no município.

Dentro da programação serão tratados os seguintes tópicos:

Reunião Intermediária de Acompanhamento;

Discussão sobre o relatório dos Indicadores de Meio Período; Solução de dúvidas gerais sobre a metodologia; e Compartilhamento de experiências entre os municípios.

Essas ações estratégicas de participação social são obrigatórias para quem está pleiteando o Selo.

O Projeto “Selo UNICEF Município Aprovado” é desenvolvido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF desde 1999, sendo posteriormente repassado para os Estados brasileiros comprometidos com o pacto “Um mundo para a Criança e o adolescente do Semiárido – 2004”, sendo eles: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí e Sergipe.

O Selo representa um reconhecimento internacional dado aos municípios pelas ações desenvolvidas para a melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes, nas áreas de educação, saúde e assistência social, repensadas por meio de políticas públicas alinhadas a partir de diagnósticos locais e revistas sob a ótica dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM).

 

Fonte: Portal Saiba MAis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *