Mais uma irmã e outra prima revelam ter sido abusadas por Marcos Vitor

A irmã de 3 anos e a prima de 15 foram ouvidas na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente.

O caso do estudante de medicina Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira, que chocou Teresina na semana passada, teve mais um desdobramento nesta segunda-feira (27). A outra irmã do acusado, de apenas três anos, além de sua prima, de 15, revelaram à Polícia Civil que foram abusadas sexualmente pelo rapaz.

O GP1 conversou na tarde desta segunda (27) com o advogado da família das vítimas, Rodrigo Araújo, e ele confirmou que as duas meninas foram ouvidas nesta segunda-feira pela equipe multidisciplinar da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e contaram detalhes dos abusos.

“Duas crianças hoje foram ouvidas em videochamada e ambas confirmaram os elementos, inclusive uma de 3 anos. A de 3 anos, incrivelmente a gente pensou que não, a gente levou por levar, mas ela revelou para a psicóloga e para a assistente social da delegacia e confirmou o que o ‘maninho’, como ela chama, o que ele fazia com ela, essa é uma das irmãs dele”, declarou o advogado.

A outra vítima ouvida hoje era uma prima da criança de 3 anos, sendo prima de criação de Marcos Vitor. “A outra tem 15 anos e é prima dessa bebezinha de 3 anos, e ela, por mais que tenha 15 anos, teve muita dificuldade de reviver, mas ela falou tudo, ficou tudo gravado, ela confirmou tudo que ele fez”, afirmou Rodrigo Araújo.

Foto: Reprodução/InstagramMarcos Vitor Aguiar Dantas Pereira

Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira

Com isso, Marcos Vitor passa a ser investigado sob acusação de ter praticado abuso contra quatro crianças, todas da mesma família. Há ainda a suspeita de que ele tenha abusado de outras três meninas, casos esses que ainda não foram denunciados formalmente.

Prisão preventiva

O advogado disse que agora trabalha no sentido de conseguir junto à justiça a decretação de prisão preventiva de Marcos Vitor. “O próximo passo é a gente ver se há indícios suficientes junto à delegada, agora com esses fatos e a confissão dele, para pedir a prisão preventiva”, explicou.

Acusado estaria em Teresina

Nos últimos dias começaram a surgir boatos de que Marcos Vitor estaria escondido em Teresina, mas segundo o advogado da família das vítimas, nada disso foi confirmado até agora.

“A gente ouviu falar que ele está aqui em Teresina, mas ninguém sabe se é boato, algumas pessoas estão querendo dar a ideia pra gente que ele não está se escondendo, só que ele está se escondendo sim, a partir do momento em que ele não se entrega para prestar o depoimento dele, não demonstra o endereço correto, ele está se escondendo, fazendo isso para ganhar tempo”, avaliou o advogado Rodrigo Araújo.

Entenda o caso

No último dia 22 de setembro o GP1 publicou reportagem revelando o caso envolvendo o estudante de medicina, que era acusado de abusar sexualmente de uma irmã e de uma prima. Com o depoimento prestado hoje pela outra irmã e a outra prima, passam a pesar sobre ele quatro acusações.

Por GP1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *