Guaíba registra ondas formadas pelo vento e pessoas deixam residências; vídeos

O nível do Guaíba chegou a 5,2 metros na manhã desta terça-feira, 14, segundo a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestruturas (SEMA) e a Agência Nacional de Águas (ANA), e registrou ondas causadas pelos fortes ventos que incidem em Porto Alegre. No bairro Lami, um dos mais afetados, pessoas precisaram deixar suas casas.

Com a entrada de ar polar na região Sul, as nuvens de chuva se afastaram e a temperatura caiu no estado. Nesta terça-feira, a previsão é de temperaturas entre 11°C e 16°C. Apesar da trégua, o nível do Guaíba continuará subindo e, segundo projeções da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da Defesa Civil do estado, pode ultrapassar a marca dos 5,35 metros entre hoje e quarta-feira, 15, atingindo um novo recorde.

O Guaíba recebe as águas de diferentes bacias hidrográficas afetadas pelos temporais, como Taquari e Caí. As autoridades pedem que a população não retorne aos locais já inundados e permaneça em segurança.

Em nota, a Defesa Civil de Porto Alegre afirmou que a retirada de moradores do bairro Lami foi uma ação “pontual”,  e negou que o bairro tenha sido parcialmente evaquado. O órgão não informou, porém, quantas pessoas foram retiradas das áreas alagadas.

Fonte: IstoÉ


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-322

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais