“A minha ideia é de não ter”, diz governador sobre o Carnaval 2022

O governador Wellington Dias (PT)  afirmou nesta segunda-feira (29) que poderá não autorizar a realização das festas de Carnaval em 2022 no Piauí.

O chefe do Executivo ressaltou que continuará a ouvir o Comitê de Operações Emergenciais (COE) e garantiu que caso não se tenha indicadores positivo em relação à Covid-19 não haverá a liberação.

“A minha ideia é de não ter, se não tiver uma condição de muita segurança, a autorização para grandes eventos. Temos ainda a necessidade de colocar a vida em primeiro lugar”, declarou.

Sobre as festas de final de ano, um decreto emitido no último domingo estabelece as medidas sanitárias a serem observadas. De acordo com o governo, medidas mais rígidas podem ser adotadas caso haja um aumento de casos no período, ou registro da presença da nova variante no Piauí.

Wellington Dias ressaltou que para o período carnavalesco devem permanecer os decretos que autorizam eventos com pouca quantidade de pessoas. O decreto em vigência, atualmente, permite a entrada até 50% da capacidade de público total de estabelecimentos.

“A sociedade quer brincar, quer participar de festividades, isso pode ser feito com familiares e grupos de amigos, pois há um regramento que permite as condições de eventos menores. Mas, ainda cuidadosos em relação a grandes eventos. Os carnavais são grandes eventos com a presença de pessoas de variados lugares. Mas repito, seguirei a ciência”, declarou.

No Piauí, entre as principais que ocorrem durante o período de carnaval está o Corso de Teresina. Em edições anteriores, o evento chegou  reunir mais de de 400 mil foliões na Avenida Raul Lopes.

Por Paula Sampaio/Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *