Adolescente de 13 anos descobre gravidez de cinco meses após estupro em Teresina

Uma adolescente de 13 anos de idade engravidou após ser violentada sexualmente na zona Leste de Teresina. O caso só foi descoberto durante o quinto mês de gestação quando os pais perceberam mudanças no corpo da filha e a levaram à Maternidade Dona Evangelina Rosa. O suspeito do estupro é o padrinho da vítima de 58 anos de idade.

Com a confirmação da gravidez, os pais registraram boletim de ocorrência e o caso é acompanhado também pelo Conselho Tutelar.

“Eles contam que, no ano passado, começaram a perceber mudanças do corpo da filha e tentaram conversar com ela, mas sempre negava. Após insistirem, a adolescente confirmou e os pais a levaram para a maternidade. A ultrassom confirmou que ela está com 23 semanas. Antes disso, eles não tinham notado nada porque tinham o padrinho como uma pessoa de confiança que ajudava até em questão escolares”, explica o conselheiro tutelar Ivan Cabral.

O estupro teria ocorrido mais de uma vez e, segundo a vítima, o suspeito a teria ameaçado de morte e  oferecido R$ 250 em dinheiro para ‘comprar o silêncio’.

Ivan Cabral chama atenção para demora para que o Conselho Tutelar fosse comunicado sobre o caso. Segundo ele, a vítima foi levada à maternidade no último dia 05, mas o Conselho Tutelar só foi comunicado nesta terça-feira (19).

“Fomos comunicados ontem pelo serviço de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Sexual (SAMVVIS), mas a própria maternidade tinha que ter comunicado quando a vítima deu entrada. Qualquer órgao público tem que comunicar a agressão ou qualquer tipo de violação à criança e ao adolescente imediatamente”, destaca o conselheiro tutelar.

O caso será encaminhado ao Ministério Público e à Vara da Infância e Juventude de Teresina.

“A adolescente está bem e juntamente com a família demonstraram interesse em seguir com a gravidez, mesmo os pais revoltados com tudo o que aconteceu. Eles têm esse direito de escolher”, declarou o conselheiro tutelar Ivan Cabral.

 

Por Cidade Verde

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *