Ajudante de obras cai em golpe ao tentar comprar moto pela internet no PI

O ajudante de obras Francisco Rhuan da Cruz Ibiapina, de 23 anos, efetuou um depósito bancário de R$ 1.700, em Campo Maior/PI, para comprar uma motocicleta e momentos depois percebeu que tratava-se de um golpe.

A vítima relatou em boletim de ocorrência realizado na 5ª Delegacia Regional de Campo Maior que fez uma negociação por meio de um aplicativo com um vendedor de uma empresa chamada Nem Motos, que seria localizada em Água Branca/PI.

“A loja precisa de dois telefones para contatos, comprovante de residência, uma fotos da CNH ou RG 3400, e uma reserva de 50% do valor da moto. A moto é  R$ 3.400 e você paga R$ 1.700. O restante você paga no ato da entrega”, disse o suposto vendedor em contato com a vítima.

Acreditando que o fato seria verdadeiro, a vítima fez o depósito na conta de nome Jean de Carvalho Félix e seu contato foi bloqueado no WhatsApp pelo suposto vendedor e ligações não foram mais atendidas.

    Reprodução / WhatsApp

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *