Após dois anos suspensa, fiéis se encontram presencialmente na tradicional Sexta-feira Santa em Picos

A Igreja celebrou neste dia a Paixão e Morte de Jesus Cristo.

Após dois anos sem a realização da programação da Semana Santa de forma presencial, a Diocese de Picos, baseada no decreto estadual que flexibiliza a realização de eventos, promoveu nesta sexta-feira, 15 de abril, a Solene Ação Litúrgica da Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Logo após, no adro da Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, aconteceu a encenação da descida da cruz do Senhor Morto, ocasião em que foi relatado as últimas sete palavras proferidas por Ele antes da Crucificação.

Em seguida aconteceu a tradicional procissão do Senhor Morto pelas principais ruas da cidade, numa forte demonstração de fé dos católicos picoenses.

“Impressionante o que aconteceu hoje aqui. Eu percebi que as pessoas realmente estavam com sede de vir, a Praça ficou cheia, isso quer dizer que o povo guardou no coração a fé em Deus, e isso me alegra muito pois estávamos pensando que isso só seria possível lá para 2023. Espero que não vá causar nenhum mal à saúde das pessoas. O povo de Picos cada vez nos surpreende nesta experiência de fidelidade ao chamado da Igreja Católica e de Jesus Cristo acima de tudo”, destacou Dom Plínio José Luz da Silva.

Bom Plínio José

O Bispo ainda ressaltou da importância dos católicos participarem da programação religiosa deste sábado e do domingo da Ressurreição. “São três dias que a Igreja colocou há muito tempo para que os fiéis participem integralmente”, finalizou.

Por Folhaatual

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *