Athletico-PR vence o Palmeiras em tarde de Veiga vilão e reassume liderança

O Athletico-PR se impôs e venceu o Palmeiras por 2 a 0 neste domingo (12), na Arena Barueri, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Pablo e Gustavo Gómez (contra).

O Athletico-PR fez um gol em cada tempo. O clube paranaense foi melhor que o rival alviverde durante a maior parte da partida.

No primeiro tempo, Bento defendeu pênalti de Raphael Veiga. Pouco tempo depois, Pablo abriu o placar em cobrança de falta com desvio de Veiga na barreira. O meia palmeirense teve tarde infeliz.

Na etapa final, o Palmeiras tirou até o zagueiro Luan e foi para cima, mas o Athletico-PR ampliou com gol contra de Gustavo Gómez. Nem a expulsão de Esquivel aos 21 minutos fez o Palmeiras reagir.

O Athletico-PR reassume a liderança do Brasileiro, com 13 pontos, após o Flamengo derrotar o Corinthians. O Palmeiras é apenas o oitavo, com oito.

O Palmeiras voltará a campo para enfrentar o Independiente del Valle, quarta, pela Libertadores, no Allianz Parque. No mesmo dia, o Athletico receberá o Danubio pela Sul-Americana.

ATHLETICO-PR SE IMPÕE

O primeiro tempo na Arena Barueri foi muito equilibrado, e o Athletico-PR criou mais chances que o Palmeiras.

O Verdão teve a posse de bola, mas não conseguiu controlar o jogo. Enquanto isso, o Furacão se armou para os contra-ataques. A estratégia dos visitantes funcionou melhor.

A maior emoção ocorreu nos acréscimos. Aos 46 minutos, Gamarra saiu cara a cara com Weverton e perdeu. Logo na sequência, Bento cometeu pênalti em Endrick. Raphael Veiga foi para a cobrança… E o próprio goleiro se redimiu e defendeu no canto esquerdo.

Aos 53, no finzinho, Pablo bateu falta mal, mas a bola desviou em Raphael Veiga, em nova infelicidade do meia. A bola foi no contrapé de Weverton, que nada pode fazer. 1 a 0.

NEM EXPULSÃO AJUDA

O cenário para a etapa final continuou o mesmo. O Palmeiras tentou se impor, mas voltou a encontrar muitas dificuldades contra um Athletico bem postado.

Abel resolveu mexer e tirou até o zagueiro Luan para colocar o Verdão ir todo para cima. Segundos depois, o time paranaense ampliou. Cuello tabelou com Nikão e cruzou na pequena área. Gustavo Gómez tentou salvar e fez gol contra. 2 a 0.

Aos 21 minutos, Esquivel levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Mesmo com um a mais, porém, o Palmeiras não conseguiu reagir, apesar de acertar o travessão e exigir boas defesas de Bento.

PROBLEMAS NO PALMEIRAS

O Verdão deve ser comandado pelo auxiliar Andrey Lopes, o Cebola, contra o Criciúma. O técnico Abel Ferreira e os auxiliares Castanheira e João Martins estão suspensos.

Outro desfalque é Endrick, que levou amarelo e também estava pendurado. O atacante perde um dos seus jogos de despedida antes de vestir a camisa do Real Madrid.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-322

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais