Atlético-MG volta à Copa do Brasil com privilégio de poupar peças para a Série A

A vitória sobre o Fortaleza por 4 a 0 no jogo ida das semifinais da Copa do Brasil deu ao Atlético-MG a opção de poupar parte de seus principais jogadores agora na partida de volta, marcada para as 21h30 desta quarta-feira (27), no Castelão.

Dividindo as atenções do torneio com o Campeonato Brasileiro, o Atlético voltará a campo no sábado (30), quando terá aguardada partida contra o Flamengo, que, apesar de estar a 13 pontos dos atleticanos, tem dois jogos a menos e poderá tomar fôlego na busca pelo título caso vença o duelo.

Ao menos Allan, que recebeu o terceiro cartão amarelo no fim do confronto de ida, para cumprir suspensão já agora e ficar liberado para eventual disputa das finais, estará fora da relação de Cuca. O treinador também não terá Nathan Silva, que está vetado por já ter atuado na competição por outro clube, o Atlético-GO.

O time mineiro ainda poderá contar com um adversário combalido por desfalques. O Fortaleza não terá Robson, Yago Pikachu e Lucas Crispim, todos eles lesionados na última partida, a vitória por 3 a 0 sobre o Athletico-PR. Tinga também segue vetado pelo departamento médico.

O treinador argentino Juan Pablo Vojvoda ainda não poderá escalar Marcelo Benevenuto e Lucas Lima, que já jogaram a atual edição do torneio por outras equipas -Botafogo e Palmeiras, respectivamente. Ambos foram titulares na vitória do final de semana.

Com a vantagem da ida, o Atlético precisará perder por cinco gols de diferença para ser desclassificado. Em caso de derrota por quatro gols de vantagem para o Fortaleza, a vaga à final será decidida nos pênaltis. Não há gol qualificado na competição.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *