“Autor do crime não teria gostado de ter sido cobrado pelo vereador Messias Porteira” diz site de Matão

Autor do crime não teria gostado de ser cobrado de uma suposta dívida com o vereador, desferindo um golpe de faca no pescoço da vítima. 

A ocorrência policial, envolvendo dois homens esfaqueados, aconteceu por volta das 13h da tarde de domingo (31), no Jardim Popular em Matão.

Fala Matão

Fala Matão - Redação

A reportagem do Portal Fala Matão apurou que o vereador de Jaícos/PI, Messias Porteiras (PSD), conhecido no bairro por realizar ações solidárias, estava em uma motocicleta Honda Pop, cor branca, subindo a Rua Domingos Siquitelli (Rua 2), no bairro Jardim Popular, bairro onde reside um irmão, quando parou para conversar com um rapaz chamado Gregório, que estaria devendo dinheiro a ele, e que mora na mesma rua. O vereador teria dado alguns conselhos para o rapaz, por causa da dívida, mas Gregório não teria aceito os conselhos e, na sequência, teria puxado uma faca da cintura e desferido um golpe com a arma no pescoço do vereador.

Posteriormente, o vereador teria retirado a faca da mão de Gregório e, para se defender, também teria desferido golpes de faca contra o rapaz.

Mesmo esfaqueado pela vítima, Gregório fugiu do local a pé, mas foi preso momentos depois pela Polícia Militar na Avenida Francisco Mastropietro, perto do local do crime.

O vereador Messias, golpeado com uma facada no pescoço, caiu ao solo e perdeu muito sangue, sendo necessário o estancamento do sangue no pescoço com um pedaço de pano por um familiar e amigos, até a chegada do SAMU.

O vereador foi socorrido pelo SAMU com vida e em estado grave para o pronto socorro local.

Por volta das 15h, a reportagem do Fala Matão, que acompanhou o trabalho da Polícia Militar in loco, recebeu a confirmação do falecimento do vereador Messias Porteiras.

Gregório, autor da facada no vereador, foi preso e não corre risco de morte.

A Polícia Militar preserva o local e aguarda a chegada da perícia técnica.

O autor do crime está preso e responderá por homicídio.

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.