Avião presidencial, com Lula a bordo, sofre pane no momento da decolagem em Congonhas

O Airbus A319 da Força Aérea Brasileira, carregando a bordo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, enfrentou uma pane inesperada no domingo (4), no Aeroporto de Congonhas, São Paulo. Esta é a segunda interrupção durante a decolagem do avião presidencial só em 2024.

Originalmente programada para as 16h44, a decolagem foi abruptamente interrompida no início da corrida na pista. O A319, identificado pela matrícula FAB2101 e conhecido como Força Aérea Um em missões presidenciais, teve que retornar ao pátio militar, conforme relatado pela Folha de S. Paulo. Após um breve intervalo de 20 minutos, a aeronave retomou seu curso sem mais contratempos.

O incidente não comprometeu a segurança do presidente Lula ou da tripulação, e o presidente seguiu com sua agenda. A Força Aérea Brasileira, garantindo rigor na segurança, já está investigando as causas deste contratempo.

Este incidente repete o ocorrido em 24 de janeiro, quando o presidente estava prestes a decolar de Campina Grande. Até o momento, a Força Aérea Brasileira não divulgou um posicionamento oficial sobre as condições técnicas do ACJ319, a principal aeronave para viagens oficiais do chefe de Estado, mas assegura que o monitoramento será intensificado para prevenir futuras ocorrências.

Fonte: Hora Brasília


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais