Cabo da PM mata ex-namorada com tiro na boca em universidade

O cabo da Polícia Militar do Rio de Janeiro Janitom Celso Rosa Amorim, de 39 anos, matou a ex-namorada com um tiro na boca. O policial assassino ainda fez a mulher de refém por mais de duas horas. O caso aconteceu em Valença, zona sul do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (27/11). As informações são do SBT.

Imagens gravadas por testemunhas mostram o PM armado com a ex-namorada dentro de um carro. A vítima, Mayara Pereira de Oliveira Fernandes, 31 anos, ficou sob ameaça por duas horas e meia em um estacionamento do local onde estudava pós graduação em odontologia.

A operação envolveu o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e os agentes tentaram negociar com o policial assassino. Entre as conversas, ele saiu do carro e disparou na mulher, que foi socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

O PM suspeito se entregou e foi preso em flagrante. Ele vai responder nas esferas civil e militar, além de poder ser expulso da corporação.

Janitom Amorim já tem histórico agressivo de violência contra a mulher e a Polícia Civil investiga a motivação do crime. Mayara deixa um filho de 5 anos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *