Caso Janaína: julgamento de Thiago Mayson tem nova data para acontecer

O julgamento do acusado de estuprar e assassinar a estudante Janaína Bezerra já foi adiado por duas vezes.

Após ter sido adiado por duas vezes, o julgamento de Thiago Mayson, acusado de estuprar e assassinar Janaína Bezerra, estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Piauí (UFPI), tem nova data para acontecer: dia 29 de setembro, às 8h30, no Fórum Cível e Criminal Desembargador Joaquim de Sousa Neto. A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

Inicialmente, o julgamento estava marcado para o dia 17 de agosto, mas foi adiado por falta de quórum, uma vez que é necessário que haja, no mínimo, 15 jurados presentes, o que não ocorreu. Dos 23 jurados convocados, 11 compareceram e 12 não compareceram. Com 50% dos jurados ausentes, o julgamento foi remarcado para o dia 1º de setembro.

Na última sexta-feira, dia 1º de setembro, o julgamento de Thiago Mayson foi adiado pela ausência do seu advogado de defesa. No dia em questão, foi informado que o novo advogado do acusado, Ércio Quaresma, não poderia comparecer ao local em tempo hábil. Na visão da advogada da família de Janaina Bezerra, Florence Rosa, a ausência da defesa foi uma “estratégia para ganhar tempo”.

O fato de Ércio Quaresma ter assumido o caso chamou a atenção da sociedade piauiense em geral. O advogado atuou na defesa do goleiro Bruno, no caso envolvendo a morte de Elisa Samúdio, além de já ter atuado em outros casos que repercutiram nacionalmente.

Em entrevista ao O DIA, a advogada Florence Rosa comentou que “independentemente de quem esteja patrocinando a defesa de Thiago, a justiça será feita e o acusado será condenado”.

Relembre o caso

A estudante de Jornalismo, Janaína Bezerra, foi brutalmente assassinada após ter sido estuprada em uma sala de aula da UFPI em janeiro deste ano. Janaína foi encontrada por um segurança nas proximidades do bloco onde fica o Diretório Central dos Estudantes (DCE). Segundo nota divulgada pela UFPI à época, a jovem ainda chegou a ser levada para o Hospital da Primavera, mas não resistiu aos ferimentos.

Janaína Bezerra, vítima de feminicídio na UFPI  - (Reprodução/Instagram)Reprodução/Instagram

Janaína Bezerra, vítima de feminicídio na UFPI

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público, o crime de homicídio cometido por Thiago tem duas qualificadoras que também serão consideradas pelo Conselho de Sentença na hora do julgamento: feminicídio e emprego de meio cruel para tirar a vida da vítima. Entre as peças anexadas no processo estão os laudos do IML comprovando que Janaína sofreu diversas lesões antes de ser assassinada.


Fonte: Emelly Alves/Portal O Dia


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais