Centenas de idosos e familiares enfrentam filas durante a madrugada para tomar vacina contra a Covid em Picos

Filas causaram tumulto durante toda a noite e início da manhã.

Jaqueline Figueredo/Riachãonet

Ontem o secretário de Saúde de Picos anunciou que, durante esta semana, os idosos de 75 a 79 anos estariam sendo imunizados com a primeira dose da vacina contra a Covid. Desde o fim da tarde desta segunda-feira (22) várias pessoas seguiram para os locais de vacinação a fim de garantirem uma vaga para si ou para um familiar.

Por volta das 22h00, vários vídeos e fotografias circulavam pelos grupos de Whatsapp mostrando, além das filas quilométricas, uma grande aglomeração, especialmente desses idosos, nos pontos de vacinação que são Premen, compreendendo os bairros da região central de Picos, e Escola Mário Martins, no Junco.

Imagem: Josimar Santana

“Vimos aqui a falta de planejamento e organização. Ontem, desde as 19h00 já tinha gente no portão do colégio Mário Martins. São pessoas que a gente até compreende pela preocupação e agonia em ver seu familiar idoso vacinado. Mas não é justificativa para que os órgãos competentes tratem dessa forma. Desde ontem a noite não tinha ninguém orientando. Tínhamos apenas um vigia da escola que nos cedeu cadeiras para sentarmos e fichas para ir organizando. Tínhamos aqui muitos idosos também”, relatou o jornalista Josimar Santana, que esteve em busca de uma senha para sua mãe, já idosa.

De acordo com ele, no fim da noite várias pessoas seguiam para o local. No início da manhã foi possível notar a presença de pessoas além das doses disponíveis, o que causou tumulto e confusão na escola.

“Quando cheguei às 04h30, já tinha aqui mais de 200 pessoas, sendo que a vacina é para apenas 150 pessoas. Às 07h00 foram entregues as senhas. Pessoas chegaram pela manhã e já não tinham mais senhas. Os pessoal da saúde tentou de todo jeito controlar, mas com a multidão toda foi muito difícil. Tinha muita gente querendo ganhar a senha de todo jeito”, disse.

Josimar Santana falou que muitas pessoas ficaram desoladas e preocupadas sobre quando serão vacinadas. Homem de fé, ele transmitiu aos que ali estavam palavras de conforto e esperança.

PREMEN / Imagem: Sávio Magalhães

“Muitos ficaram preocupados se indagando se não receberiam a vacina e eu tive que pedir que tivessem calma, que ela chegará para todos, mas precisamos ter fé e acreditar. Na idade que eu tenho, eu mesmo sei que ela só chegará daqui para o final do ano, pelo que estou vendo das entregas das vacinas, mas é preciso ter fé”, enfatizou.

O jornalista informou que a vacinação iniciou às 07h30 na escola Mário Martins e que tem seguido todos os protocolos de restrições recomendadas pelos órgãos de saúde.

“Depois da entrega das senhas, às 07h30 começou a vacinação. Graças a Deus está sendo bem ágil. Os idosos estão sendo vacinados aqui dentro da escola, seguindo todos os protocolos, e nisso parabenizo a equipe da saúde”, finalizou.

A mesma situação foi encontrada na escola Premen em Picos.

PREMEN / Imagem: Antônio Rocha

A Secretaria de Saúde de Picos emitiu nota de esclarecimento sobre as filas que se formaram nas escolas onde ocorrem as vacinações. De acordo com a pasta, o episódio foi lamentável, especialmente pelo fato de que as senhas só seriam entregues pela manhã.

Reforçaram ainda que a pouca quantidade é administrada pelo Ministério da Saúde, que tem enviado doses insuficientes para cobrir a quantidade real de idosos do município. A gestão afirmou ainda se solidarizar com os idosos e população em geral neste momento de pandemia, mas que não há outra alternativa a não ser respeitar as orientações do órgão de saúde superior.

Segue abaixo a nota na íntegra:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *