Cidade de São Paulo deve liberar Réveillon e Carnaval, diz Ricardo Nunes

A Prefeitura de São Paulo, gestão Ricardo Nunes (MDB), planeja liberar as festas de Réveillon para a próxima virada do ano e do Carnaval em 2022 na cidade. O prefeito da capital paulista afirmou que o assunto será debatido em uma reunião nesta quinta-feira (1º), com a participação de outras secretarias, como da Saúde e de Cultura, mas que “existe uma grande possibilidade favorável”.

“A princípio a cidade de São Paulo terá Réveillon e Carnaval. Sempre lembrando que pode ter alguma alteração no processo, mas as coisas estão caminhando. Chegamos a 62% do número de leitos de UTI [para Covid]. Tivemos na faixa de 80%, e hoje, não é que é confortável, mas nos deixa um pouco mais tranquilos com relação aos leitos de UTIs”, afirmou Nunes, em entrevista coletiva durante apresentação do projeto para o Centro de Oncologia Bruno Covas, no Hospital Municipal Vila Santa Catarina (zona sul da capital paulista).

“A vacinação está acompanhando. Nós passamos de 7 milhões de doses de vacinas [aplicadas] na cidade de São Paulo, com 56% da população eletiva já vacinada”, disse.

As duas festas foram canceladas pela gestão municipal por causa da pandemia de Covid-19. O tradicional Réveillon da avenida Paulista, na região central, não foi organizado na última virada de ano e o Carnaval chegou a ser cogitado para ser realizado em julho, mas houve o cancelamento depois.

A reunião acontece nesta quinta após o Fórum dos Blocos de São Paulo protocolar uma carta ao prefeito e à Casa Civil da cidade pedindo uma conversa sobre o Carnaval de 2022. O fórum existe desde 2014 e reúne lideranças dos blocos de rua da cidade de São Paulo.

Atualmente a cidade de São Paulo está vacinando pessoas de 42 anos e 43 anos e pretende imunizar as de 41 a partir da próxima segunda (5). Além disso, a capital paulista está tendo desabastecimentos temporários desde semana passada.

Fonte: Folhapress

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *