Ciro diz que Silvio se filiará ao Progressistas somente se for candidato a governador

A chegada do ex-prefeito de Teresina ao PP teria um caráter estratégico, já que o partido poderia encaminhar um grande percentual de fundo eleitoral para a campanha de Silvio

O Ministro-Chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, confirmou em entrevista na manhã desta segunda (06) que o pré-candidato ao governo do Estado,  Silvio Mendes, somente se filiará ao Progressistas caso vá disputar de fato o Palácio de Karnak. Hoje no PSDB, Silvio já foi filiado ao PP e  deixou de forma traumática a sigla após um rompimento com a deputada estadual Lucy Soares. Além da exigência de prefeitos e membros do Progressistas para que Silvio se filie,  a chegada do ex-prefeito de Teresina ao PP teria um caráter estratégico, já que o partido poderia encaminhar um grande percentual de fundo eleitoral para a campanha de Silvio ao governo estadual.  Portal O Dia

Hoje Silvio e Iracema Portela disputam internamente a candidatura ao governo, a chapa será definida no início de 2022. Ciro deixou claro que a filiação de Silvio acontecerá, e valorizou a evolução das candidaturas oposicionistas. “É uma definição que nós vamos ter só em fevereiro, quando escolhermos o candidato. Se o Sílvio não for o candidato a governador não precisa se filiar ao Progressistas, se vier eu acho que é uma exigência muitos dos prefeitos, das lideranças. Vamos discutir isso, temos uma amizade, um carinho e um diálogo com o Silvio como nunca tive. Estaremos juntos e vamos escolher o que é melhor para o Piauí no momento certo. A recepção calorosa da população e o sentimento de mudança é muito forte, acho que o Silvio e a Iracema estão incorporando isso. Estou surpreso e satisfeito  com a evolução da candidatura de Silvio, Iracema e do Joel, estamos no caminho certo”, concluiu o senador.

O ministro mais uma vez descartou totalmente a possibilidade de disputar o governo do Piauí, para ele o estado ganharia mais com o seu trabalho em Brasília junto ao presidente da República, Jair Bolsonaro.  “Minha candidatura eu acho que não é o natural que vá acontecer, já disse que quem manda é a população, o povo do Piauí. Hoje a receptividade ao Silvio e a Iracema são tão forte, acho que a população concorda que é muito mais importante ter um ministro influente, com capacidade em Brasília e ter um governador aliado e priorizar a população acima dos interesses políticos. O Silvio e a Iracema estão no caminho certo, o natural é que eu não seja o candidato”, finalizou o senador.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *