Com 2 de Cristiano Ronaldo, Juventus goleia Udinese no Italiano

Em busca da recuperação no Campeonato Italiano após um início irregular, a Juventus contou com o brilho de Cristiano Ronaldo para ganhar o seu primeiro jogo em 2021.

Neste domingo, em Turim, a equipe derrotou a Udinese por 4 a 1, com o craque português tendo marcado dois gols e dado uma assistência. Agora ele soma 14 gols na competição, sendo o seu artilheiro, além de 758 em 1.037 jogos oficiais na sua carreira.

O triunfo levou a Juventus aos 27 pontos, na quinta posição, com um jogo a menos do que os três primeiros colocados. O Milan é o líder com 37, sendo que os times vão se enfrentar na quarta-feira, no San Siro. Já a Udinese parou nos 15 pontos, quatro acima da zona de rebaixamento e na 14.ª posição.

A partida contou com quatro brasileiros como titulares: Danilo e Alex Sandro nas laterais do time de Turim e o zagueiro Samir e o volante Walace na equipe de Údine. Recuperado de lesão, Arthur foi acionado pela Juventus no segundo tempo.

Apesar da goleada, a Udinese teve bom início e quase abriu o placar aos nove minutos, quando Lasagna, da grande área, deu passe rasteiro para De Paul finalizar às redes. Mas o gol foi anulado porque o argentino tocou na bola com a mão.

A Juventus só foi fazer 1 a 0 aos 30 minutos, em uma jogada iniciada com roubada de bola de Ramsey. Ele, então, acionou Cristiano Ronaldo, que avançou até a área e bateu de direita para igualar o placar.

O time voltou a marcar no começo do segundo tempo e teve a participação de Alex Sandro. Ele interceptou passe da Udinese e passou para o português. Com uma trivela, ele acionou Chiesa, que ganhou na velocidade do seu marcador e chutou cruzado: 2 a 0, aos 3 minutos.

A Udinese ofereceu resistência e quase marcou em um cabeceio de Larsen, que acertou o travessão, após levantamento de Samir. Mas aí Cristiano Ronaldo fez a diferença. Aos 24, após Betancur interceptar passe de Samir, passou para o português, que entrou na área e chutou de esquerda.

A Udinese voltou a mandar uma bola no travessão, em chute de Zeegelaar, e marcou aos 44. No lance, Molina, na direita, cruzou rasteiro, Szczesny tentou tirar e a bola sobrou para Zeegelaar diminuir.

Mas nos acréscimos, aos 47, a Juventus fez o quarto. Danilo acionou Dybala, que entrou na área e tocou na saída de Musso: 4 a 1.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *