Com mudanças de Tite, Brasil se prepara para enfrentar Bolívia

O Brasil, já classificado para Copa do Mundo do Qatar, enfrenta a Bolívia nesta terça-feira (29), no estádio Hernando Siles, em La Paz, pela última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Até então, as principais dúvidas que cercavam a seleção eram relacionadas à formação do ataque escolhida por Tite. Neymar e Vinicius Jr. receberam segundo cartão amarelo na partida contra Chile, na quinta (24), e estão suspensos ambos foram liberados para reapresentação em seus clubes, e não treinam mais com a seleção.

Outra ausência confirmada para a partida é o goleiro Weverton, do Palmeiras, que sofreu um trauma na mão esquerda no treino deste domingo (27) e, após avaliação médica, foi cortado da seleção.

Para substituí-lo, Tite convocou Santos, do Athletico-PR, que não poderá participar dos treinos e deve se ao grupo somente no momento da viagem à Bolívia.

Em uma atividade com mais de cem torcedores, entre convidados e familiares dos membros da delegação, a seleção brasileira começou, nesta segunda-feira (28), de forma mais concreta a preparação para enfrentar a Bolívia.

O técnico Tite manteve a estrutura tática, mas desenhou uma equipe com várias mudanças em relação ao jogo contra o Chile. No trabalho com bola, o time titular ficou com: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Militão e Alex Telles; Fabinho; Bruno Guimarães, Coutinho e Antony; Paquetá e Richarlison.

No posicionamento em campo, quando o Brasil marcava em bloco mais alto, Fabinho ficou mais preso, quase enfiado entre os zagueiros. Em compensação, Bruno Guimarães cumpriu um papel de articulador mais adiantado.

Paquetá, à frente, ficou mais próximo a Richarlison, como já fizera com Neymar no jogo passado. Quando o time precisou marcar mais ao meio campo, formou uma espécie de 4-4-2, com Bruno Guimarães alinhado a Fabinho – Coutinho aberto na esquerda e Antony na direita.

A seleção embarca para a Bolívia nesta segunda-feira, onde ficará na cidade de Santa Cruz de la Sierra, viajando para La Paz poucas horas antes do jogo.

Com 13 vitórias, três empates e 42 pontos somados em 16 jogos, o Brasil já está classificado para Copa do Mundo há quatro meses, e disputa os jogos deste mês para cumprir tabela. Além da Bolívia, a seleção ainda enfrentará a Argentina, em jogo suspenso que deveria ter acontecido setembro de 2021.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *