Com um a menos, Inter segura São Paulo e times empatam no Beira-Rio

No duelo dos pressionados Eduardo Coudet e Fernando Diniz, o resultado não foi bom para ninguém. Internacional e São Paulo empataram por 1 a 1 na noite deste sábado (26), no estádio Beira-Rio, e seguem em sequência incômoda na temporada. A partida foi válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de perderem no meio de semana pela Libertadores, as duas equipes entraram em campo buscando se reencontrar. Thiago Galhardo abriu o placar para o Inter, mas Luciano igualou para o Tricolor ainda no primeiro tempo. O Colorado, com um a menos desde os 14 minutos da etapa final, conseguiu segurar a pressão do adversário no fim.

Com a igualdade, o Inter se mantém na segunda posição e iguala os mesmos 21 pontos do Atlético-MG, que enfrenta o Grêmio ainda neste sábado. O São Paulo, com 19, é o terceiro, mas pode perder posições na sequência da rodada.

Agora, as duas equipes se concentram novamente na Libertadores. O Inter visita o América de Cali na terça-feira (29), e o São Paulo encara o River Plate, em Buenos Aires, no dia seguinte.

INTER SAI NA FRENTE, MAS SÃO PAULO REAGE
Com os dois times precisando do resultado, a tensão era visível no começo do jogo no Beira-Rio. Mas não faltou vontade, e as chances começaram a surgir logo no início.

O Inter foi o primeiro a aproveitar. Moisés conseguiu bom cruzamento da esquerda e encontrou Thiago Galhardo, que subiu livre entre dois marcadores e abriu o placar aos 19 minutos do primeiro tempo.

O São Paulo pareceu sentir o gol, mas conseguiu se recompor para chegar ao empate pouco depois. Aos 25, Reinaldo cobrou falta para dentro da área, Pablo desviou de cabeça, e Luciano completou para o gol.

Na volta do intervalo, o São Paulo chegou perto da virada, mas parou em duas grandes defesas de Lomba. Com um a mais a partir dos 14 minutos da etapa final, a equipe pressionou, mas não conseguiu vazar a defesa do time gaúcho.

LOMBA EVITA DERROTA DO INTER
Se o Inter saiu com o empate na noite de hoje, foi muito pela boa atuação de Marcelo Lomba na segunda etapa. O goleiro fez três boas defesas que evitaram a virada do São Paulo. Nos acréscimos, parou grande chance de Daniel Alves.

ZÉ GABRIEL É EXPULSO
O zagueiro Zé Gabriel deixou o Inter com um a menos a partir dos 14 minutos do segundo tempo depois de um lance completamente imprudente. Ele atingiu Igor Gomes com um forte carrinho em disputa no meio-campo e levou o cartão vermelho. A expulsão comprometeu os planos da equipe para a sequência da partida.

SÃO PAULO REPETE ERROS, MAS LUCIANO SALVA
O São Paulo parece não ter aprendido com os erros na derrota para a LDU, na última quinta-feira. Logo aos dois minutos, a equipe errou saída de bola, a exemplo do que aconteceu no Equador, e quase viu o Inter abrir inaugurar o marcador. Em outro momento, permitiu que Galhardo marcasse mesmo entre dois defensores. Mesmo controlando a posse de bole e com mais volume de jogo, a equipe precisou correr atrás no placar e não conseguiu se impor quando ficou com vantagem numérica.

Mas, ao contrário do revés em Quito, nesta noite Diniz pôde contar com Luciano, que mais uma vez deixou a sua marca. O atacante soma cinco gols com a camisa do São Paulo e já é o terceiro maior artilheiro da equipe na temporada -atrás de Pablo (sete) e Daniel Alves (seis).

INTER CRIA POUCO
Mesmo jogando em casa, o Inter viu o São Paulo tomar a iniciativa em boa parte do jogo. Tanto no começo da partida quanto na volta do intervalo, foram os visitantes quem propuseram. O Colorado esboçou algum controle em alguns momentos, mas sem muita criatividade.

A situação se complicou ainda mais quando Zé Gabriel deixou o time com um a menos. Ao Inter, só restou o contra-ataque.

THIAGO GALHARDO AMPLIA ARTILHARIA
Após três jogos em branco, Thiago Galhardo voltou a marcar. O atacante marcou no primeiro tempo e ampliou a liderança na artilharia do Campeonato Brasileiro, com nove gols. Na comemoração, fez uma bonita homenagem em libras por conta do dia nacional do surdo.

DANIEL ALVES VOLTA E FAZ JOGO DISCRETO
Após sete jogos, Daniel Alves retornou ao time na partida. O camisa 10 ficou um mês afastado por conta de uma fratura sofrida no antebraço no dia 26 de agosto, na vitória por 1 a 0 contra Athletico-PR.

DINIZ COMPLETA 1 ANO NO SÃO PAULO
Fernando Diniz completou neste sábado um ano à frente do São Paulo. Pressionado, o treinador é o mais longevo no clube desde a saída de Muricy Ramalho, em 2015. Além disso, ele é o segundo técnico com o trabalho mais longo entre os times da Série A atualmente – atrás somente de Renato Gaúcho, há quatro anos no comando do Grêmio.

COVID-19 MUDA ESCALAÇÃO DO INTER
O Inter teve uma baixa de última hora para o jogo desta noite. Rodinei assumiria o lugar de Saravia, poupado, na lateral direita, mas acabou vetado após ser diagnosticado com Covid-19. Além dele, Pedro Henrique também testou positivo para o coronavírus.

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Musto, Edenilson, Marcos Guilherme (Moledo) e Boschilia; Galhardo e Abel Hernández (Lindoso). Técnico: Eduardo Coudet
SÃO PAULO
Thiago Volpi; Igor Vinícius, Diego Costa, Léo (Paulinho Bóia) e Reinaldo; Tchê Tchê (Vitor Bueno), Dani Alves, Igor Gomes e Sara (Tréllez); Luciano e Pablo (Brenner). Técnico: Fernando Diniz
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Michael Correia e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Cartões amarelos: Abel Hernández, Heitor (INT)
Cartões vermelhos: Zé Gabriel (INT)
Gols: Thiago Galhardo, do Inter, aos 19 minutos do primeiro tempo; Luciano, do São Paulo, aos 24 minutos do primeiro tempo

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *