Duas crianças e uma adolescente morreram por mal súbito em menos de um mês no Piauí

morte súbita do estudante Pedro Malta Ramos Pachêco, de 12 anos, que faleceu depois de passar mal no colégio Sagrado Coração de Jesus, o Colégio das Irmãs, no Centro Teresina, na manhã de quinta-feira, 4 de fevereiro, chamou atenção. Entretanto, o óbito inesperado é o terceiro caso no Piauí somente em 2021. Especialistas alertam que a morte súbita em crianças está relacionada à algum problema cardíaco, como má formação do coração.

Pedro Malta, de 12 anos, morreu após sofrer mal súbito em escola de Teresina

No último dia 11 de janeiro de 2021, Arthur Valentim, de 11 anos, faleceu vítima de um infarto na cidade de Luís Correia, litoral do Piauí. O avô do menino o empresário Carlitus Machado, secretário de administração da cidade, disse que o neto tinha sobrepeso, mas era uma criança ativa e não tinha problemas de saúde. Arthur brincava com primos no sítio do avô materno quando passou mal e faleceu.

Arthur Valetin , de 11 anos, morreu enquanto brincava com os primos no litoral do Piauí

Já no dia 13 de janeiro, uma adolescente identificada como Camille Vitória Vasconcelos, de apenas 16 anos, veio a óbito após sofrer um infarto enquanto realizava uma caminhada na Avenida Beira Rio, na cidade de Picos, na região Sul do Estado.

Camille Vitória morreu enquanto fazia caminhada em Picos

Os principais sinais a serem observados em crianças que podem ter algum problema cardíaco são cansaço, manchas roxas nos lábios e ao redor dos olhos enquanto chora, dores no peito e desmaio.  Mesmo com essas dicas, nada substitui um bom acompanhamento médico e os exames de rotina

Os fatores de risco que podem levar a um infarto em crianças, adolescentes e jovens são anomalias congênitas de coronárias, aterosclerose, cardiomiopatias hipertróficas, arritmias, uso de drogas, como cigarro e álcool e exercícios físicos vigorosos.  Jovens com prática esportiva frequente devem ser submetidos a exames cardiológicos anuais, cuidar da hidratação e ter alimentação saudável.

Fonte: Meio Norte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *