Em meio a protestos e 8 gols, Botafogo goleia na volta ao Carioca

O Botafogo venceu a primeira partida oficial que fez em pouco mais de três meses depois da paralisação por conta da pandemia de coronavírus. O Alvinegro goleou a Cabofriense na manhã deste domingo (28), no Nilton Santos, pela Taça Rio, por 6 a 2.

Pedro Raul (duas vezes), Cícero, Bruno Nazário, Luis Henrique e Caio Alexandre marcaram para o Bota, enquanto Emerson Carioca e Diego Sales, de pênalti, descontaram.

Contrário à retomada do futebol neste momento, o clube protestou antes e durante os 90 minutos. Os jogadores entraram em campo com faixa que pedia respeito às vidas, ajoelharam-se já com a bola rolando em menção à luta contra o racismo e foram comandados pelo auxiliar Renê Weber.

O técnico Paulo Autuori acompanhou o jogo da tribuna em protesto à punição que recebeu.

Com a vitória, o Botafogo vai a sete pontos no Grupo A da Taça Rio, na segunda colocação. Empatado em pontos com o Boavista, o Alvinegro leva vantagem nos gols pró (9 a 5). A Cabofriense segue sem pontuar no segundo turno do Campeonato Carioca.

Pedro Raul abriu o placar aos 3 minutos do primeiro tempo. Aos 28, Cícero arriscou da intermediária e ampliou. Na etapa final, a partida esquentou. Emerson Carioca diminuiu aos 4, Pedro Raul foi às redes novamente aos 8.

Diego Sales, de pênalti, fez o segundo dos visitantes. Bruno Nazário, aos 29, e Luis Henrique, aos 34, aumentaram a vantagem. Caio Alexandre, aos 44, fez um golaço e fechou a conta.

AUTUORI

Punido por declarações contrárias ao retorno do Campeonato Carioca e à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, o técnico Paulo Autuori não dirigiu o time do Botafogo no jogo deste domingo.

A missão ficou a cargo do auxiliar Renê Weber, já que Autuori quis marcar sua posição, ainda que o Bota tenha conseguido reverter a suspensão no STJD e ele estivesse liberado para dirigir a equipe.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *