Em Picos, Vigilância Sanitária multa PT e MDB por descumprimento de decreto municipal durante convenção

A multa aplicada foi de R$ 50 mil para cada um dos partidos, totalizando um valor de R$ 100 mil.

POR JOSÉ MARIA BARROS/INFORMA PICOS

O Departamento de Vigilância Sanitária de Picos multou os diretórios municipais do PT e do MDB, por descumprimento de parte do decreto baixado no último dia 8 de setembro pelo prefeito, Padre José Walmir de Lima (PT), com regras de segurança contra a ameaça do covid-19 durante a realização das convenções partidárias.

Cada um dos partidos foi multado em R$ 50 mil, totalizando um valor de R$ 100 mil. Os autos de infração sanitária foram enviados aos presidentes dos diretórios municipais do MDB, deputado Severo Maria Eulálio Neto e do PT, vereador Francisco Wellington Gonçalves Dantas.

Segundo apurou a reportagem do Informa Picos, técnicos da Vigilância Sanitária estiveram na quadra poliesportiva do Colégio Santa Rita no último sábado, 12, e constaram que os partidos do MDB e do PT infringiram alguns dispositivos do decreto municipal 116, baixado pelo prefeito Padre Walmir no dia 8 deste mês.

Os técnicos da Vigilância Sanitária constataram, in loco, que houve aglomeração de pessoas durante a convenção conjunta dos quatro partidos que apoiam a candidatura a prefeito de Picos do empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho (PT).

Em relatório ao Departamento de Vigilância Sanitária, os técnicos apontaram que houve aglomeração durante a convenção, extrapolando em muito a quantidade máxima de 300 pessoas por recinto, sem cumprimento do distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Após a notificação, os representantes dos dois partidos têm um prazo de quinze dias para, se quiserem, apresentar defesa ou impugnação ao auto de infração junto ao Departamento de Vigilância Sanitária.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *