Entenda o coma de grau 3 na escala de Glasgow e se a situação de Paulinha Abelha é reversível

Escala analisa resposta dos pacientes a quatro comandos; Paulinha não tem nenhuma resposta

Durante coletiva de imprensa na tarde de terça-feira (22), os médicos de Paulinha Abelha afirmaram que a cantora está em coma grau 3 na Escala de Glasgow, respira com ajuda de aparelhos e necessita de hemodiálise. Segundo especialistas, este é o nível mais profundo do coma. Neste estágio, o paciente não tem nenhuma resposta aos exames clínicos.

Na entrevista coletiva, os médicos negaram qualquer evidência de morte cerebral e descartaram que o quadro seja irreversível. A pontuação 3 pode significar morte cerebral, apesar disso, é necessário analisar outros parâmetros.

Marcos Aurélio, neurologista que acompanha o caso da cantora, disse que a pergunta que o conjunto médico se faz no momento são das causas que levaram a cantora ao grau mais baixo da escala. “Quais etiologias justificam uma pessoa estar nesta escala, com a nota 3? É um rebaixamento sensorial severo”, disse.

Como funciona a Escala de Glasgow

Através da Escala de Glasgow é possível definir o grau de consciência dos pacientes que estão nesta situação. Para determinar o nível, os médicos precisam observar a reação do paciente à abertura ocular, resposta verbal, resposta pupilar e resposta motora.

Em 2018, 40 anos depois do desenvolvimento da escala, ocorreu uma atualização e os especialistas adicionaram a resposta pupilar aos comandos.

A partir da soma das respostas, uma pontuação de 3 a 15 é atribuída. Pontuações inferiores à oito são classificadas como coma. Se perto de 15, o nível de consciência é normal.

Confira a escala para cada variável, segundo o Ministério da Saúde:

  • Abertura ocular: espontânea (4 pontos); à voz (3); à dor (2); nenhuma (1)
  • Resposta verbal: orientada (5); confusa (4); palavras inapropriadas (3); palavras incompreensíveis (2); nenhuma (1)
  • Resposta motora: obedece a comandos (6); localiza a dor (5); movimentos de retirada (4); flexão normal (3); extensão normal (2); nenhuma (1)
  • Reposta pupilar: nenhuma (2); apenas uma reage ao estímulo luminoso (1); reação bilateral ao estímulo (0)

Por Diário do Nordeste

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *