Estudante de Direito acenou para namorada antes de desaparecer no rio Poti

Lucas Vinicius foi visto pela última vez com a namorada na madrugada do dia 24 na Ponte Juscelino Kubitschek. Bombeiros realizam buscas no rio Poti

As buscas pelo estudante de direito e vídeo maker Lucas Vinícius Monteiro Oliveira, de 24 anos, que desapareceu no Rio Poti na madrugada do último domingo (24), seguem sendo realizadas pelo Corpo de Bombeiros nesta quinta-feira (28).

Em entrevista ao meionorte.com, Rosangela Vasconcelos, mãe da namorada de Lucas relatou que o jovem é natural de São Paulo e no momento do desaparecimento estava com sua filha passando de carro pela ponte Juscelino Kubitschek, no Centro de Teresina, por volta de 1 hora da manhã de domingo.

Estudante de Direito desapareceu após cair no Rio Poti em Teresina - Foto: Reprodução/Redes Sociais Estudante de Direito desapareceu após cair no Rio Poti em Teresina – Foto: Reprodução/Redes Sociais 

“Eles estavam voltando de uma festa na casa de uma amiga deles. Ele estava muito bêbado e insistido para dirigir o carro, mas minha filha não permitiu. No momento em que eles passavam pela ponte da Frei Serafim, ele abriu a porta do carro, saiu correndo, foi para mureta, acenou para ela e pulou”, declarou.

Rosângela Vasconcelos afirmou ainda que Lucas tinha depressão, mas que havia parado o tratamento e que o casal não estava discutindo no momento em que tudo aconteceu. “Ele só vinha insistindo para dirigir, tentou abrir a porta e ela simplesmente no impulso parou o carro e ele saiu correndo. Ela ainda tentou pular atrás dele, mas foi contida por populares que me ligaram. Eu tive que levar ela para o hospital, pois estava em estado de choque”, disse.

“Ele é natural de São Paulo, mas assim que isso aconteceu já entramos em contato com os bombeiros e avisamos para toda a família.  Os pais dele vieram para Teresina e acompanham as buscas. A gente conta com apoio das pessoas para localizá-lo, porque a gente teme que os bombeiros parem as buscas, por isso decidimos divulgar o caso”, acrescentou  Rosangela Vasconcelos.

Buscas continuam 

Os mergulhadores dos bombeiros seguem realizando buscas no Rio Poti, mas ainda não localizaram o estudante. As buscas serão estendidas até o leito e margens do Rio Poti em União, há 59 quilômetros de Teresina

Lucas possui uma tatuagem em árabe no peito e vestia blusa preta, calça verde escuro e um tênis vans preto quando desapareceu. A família pede que, caso alguma tenha notícia do jovem, possa entrar em contato através dos telefones (86) 9 9943-5484 e (86) 9 9994-8326.

Por Meio Norte

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.