Ex-prefeito de Caracol morre em casa após ataque fulminante

O ex-prefeito de Caracol, Isael Macedo Neto, 61 anos, morreu após sofrer um ataque fulminante no coração em casa na noite dessa sexta-feira (27). Ele- que foi eleito nas eleições de 2004  e 2008- chegou a ser alvo da operação Geleira deflagrada pela Polícia Federal e foi cassado durante o segundo mandato.

Dr. Macedo, como era conhecido, era irmão do prefeito eleito Gilson Dias de Macedo Filho (PP) que usou as redes sociais para lamentar a perda.

“Meu coração dói por ter que dizer adeus ao meu irmão. Estou de luto pela sua partida, estou de luto por nossa família. Somos muito unidos e hoje, sentimos esta dor em conjunto. Que você possa descansar em paz e que a fé nos ajude a lidar com este vazio que ficou. Você nunca será esquecido, meu querido irmão”, postou o prefeito eleito.

O Cidadeverde.com apurou que o Isael Macedo já fazia acompanhamento com um cardiologista há mais de dez anos quando também havia sido submetido por uma cirurgia de ponte de safena.

Após passar mal em casa, o ex-prefeito ainda foi levado ao hospital, mas não resistiu. Ele deixa três filhos. O velório acontece na residência da família e ainda não há informações sobre o sepultamento.

Pelas redes sociais, a prefeita reeleita em São Raimundo Nonato, Carmelita Castro, se solidarizou com familiares pela perda.

“A Prefeitura de São Raimundo Nonato, em nome da prefeita Carmelita Castro, se solidariza com familiares, amigos e toda população de Caracol, pela perda inestimável do ex-prefeito Isael Macedo Neto, que faleceu na última sexta-feira (27), após sofrer um infarto fulminante.  Que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e toda a população de Caracol, que se encontram acometidos pela dor da perda, dando-lhes forças para superarem este momento difícil e para conviverem com tamanha saudade”, publicou a prefeita nas redes sociais.

Graciane Sousa/Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *