Falso treinador de futebol é preso acusado de dopar e estuprar meninos em Goiás

De acordo com a polícia, ele dopava e estuprava suas vítimas, todas elas do sexo masculino, e armazenava os vídeos em seu celular

Um homem identificado como Fernando Pereira da Silva, é investigado pela Polícia Civil de Goiás por mentir e se passar por treinador de futebol para atrair e estuprar meninos que demonstravam interesse em fazer parte de um time de futebol. De acordo com as investigações ele realizava festas em sua casa com a presença das vítimas, onde os abusos aconteciam.

A prisão do homem ocorreu no último  24 de janeiro, em flagrante, acusado de armazenar cena de sexo explícito de menor de idade. Com base nas  investigações, a polícia  descobriu que era ele mesmo nas imagens cometendo o crime, com os meninos desacordados. De acordo com o  PCGO, ele dopava e estuprava suas vítimas, todas elas do sexo masculino, e armazenava os vídeos em seu celular.

A investigação identificou um total de quatro vítimas, todas do sexo masculino, sendo três menores de idade e um maior. O investigado preparava uma bebida composta com um medicamento vitamínico em doses cavalares misturado com bebida alcoólica e oferecia às vítimas, que depois de tomarem, perdiam a consciência e entravam em um sono profundo.

De acordo com as imagens recuperadas com o indivíduo, ele despiu as vítimas, manteve relações sexuais, registrou o ato em vídeo e, em seguida, após ejacular, as vestiu e limpou, a fim de evitar que suspeitassem que foram vítimas de estupro.

Durante a execução do mandado de busca e apreensão na residência do investigado nesta quarta-feira (31), foram localizados dois recipientes volumosos do medicamento que supostamente ele empregava para misturar na bebida alcoólica e incapacitar as vítimas.

Ele permanece preso e, adicionalmente ao delito de armazenar imagens de conteúdo sexual explícito envolvendo menor de idade, enfrentará acusações de estupro de vulnerável, corrupção de menores e fornecimento de bebida alcoólica a menor de idade.

Fonte: Meio Norte


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais