Flamengo faz lobby por final da Copa do Brasil em nova data; CBF vê entrave

O Flamengo tenta mobilizar outros clubes para um movimento junto à CBF. O objetivo é mudar as datas dos jogos da final da Copa do Brasil. A ideia é que as partidas aconteçam após o Brasileirão, em dezembro.

O argumento da diretoria rubro-negra é que isso reduziria os danos causados pelo calendário. Há conflito entre Brasileirão e Copa América.

O calendário nacional não vai parar durante a competição continental de seleções. E o Flamengo já espera sofrer com desfalques.

A ideia do Fla é reduzir de nove para sete o número de datas do Brasileirão que vão se chocar com a Copa América. Além disso, há o período de preparação das seleções para a competição.

No calendário publicado pela CBF, as finais da Copa do Brasil serão em 3 e 10 de novembro. O ajuste idealizado pelo Fla faria com que houvesse rodada do Brasileirão nesses dias.

Os rubro-negros alegam que o atraso no início das férias prejudicaria dois clubes. O conflito Copa América x Brasileiro pode prejudicar mais times.

O Flamengo ainda não formalizou a ideia à CBF, mas conversa nos bastidores sobre o assunto. O UOL apurou que a entidade não aprova a possibilidade de alterar o calendário e vê entraves na hipótese levantada pelo Fla.

A CBF não tratou do assunto diretamente, até por não haver demanda formal. Em casos desse tipo, costuma receber os pleitos e se manifestar diretamente aos clubes que os fizeram.

Mas a entidade entende que já fez o melhor calendário possível, dentro das condições que o ano de 2024 trouxe.

Esse raciocínio considera a necessidade de começar as férias logo depois do Brasileirão — um adiamento do período de descanso precisaria de concordância do sindicato dos jogadores.

A mudança na final da Copa do Brasil também demanda aval da Globo, detentora dos direitos de transmissão. Não é algo que depende só da CBF.

O Fla, por outro lado, não acha que a Globo seria um obstáculo e até acharia interessante ter dois grandes jogos colados ao desfecho do Brasileirão para encerrar a temporada.

De La Cruz, Arrascaeta, Viña e Varela, por exemplo, são convocados com frequência pelo Uruguai. Erick Pulgar é titular no Chile.

E ainda há a possibilidade de alguns convocados para a seleção brasileira de Dorival Júnior.

IGOR SIQUEIRA E RODRIGO MATTOS
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais