Governador diz que respeitará decisão de quem deixar a base aliada

O governador Wellington Dias (PT) prepara uma reorganização da base aliada visando às eleições de 2022. O processo da eleição de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e a decisão do Senado de barrar o retorno das coligações proporcionais exigem uma reestruturação.

Além disso, ele quer ter certeza de quem segue com a base ou vai para oposição. Existem dúvidas quanto aos deputados do Progressistas, e também, de alguns partidos assediados pela oposição.

“As decisões quem tomam são os partidos. Na verdade sou um apaixonado pela democracia, um respeitador das decisões partidárias. O que escuto é que temos um time da melhor qualidade com chances reais de bons resultados. Em 2022 vamos tratar da melhor estratégia para que possamos ter condições de vitória a um projeto que compreendo ter o Piauí em outro patamar”, afirma.

Por Cidade Verde

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.