Grávida morre vítima da Covid-19 após dois meses internada em Teresina; bebê também não resistiu

A vítima estava internada na Maternidade Dona Evangelina Rosa havia dois meses. O bebê, que nasceu prematuramente, não resistiu e morreu.

Uma mulher identificada como Jade Nascimento, de 28 anos, morreu nesse domingo (2) vítima da Covid-19, em Teresina. De acordo com a direção da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), ela estava internada na instituição havia dois meses. Esse foi o terceiro óbito de uma gestante registrado desde o início da pandemia no estado.

Ainda de acordo com a direção da instituição, a paciente deu entrada na maternidade em busca de atendimento quando estava com 22 semanas de gestação. O bebê, que tinha apenas 27 semanas de gestação, morreu ainda dentro do útero no dia 28 de julho.

Atendimentos a gestantes com Covid-19 no Piauí

Maternidades públicas do Piauí atenderam mais de 250 gestantes e puérperas com Covid-19 — Foto: Charles Krupa/AP

Maternidades públicas do Piauí atenderam mais de 250 gestantes e puérperas com Covid-19 — Foto: Charles Krupa/AP

As duas maternidades públicas do Piauí que estão atendendo casos de Covid-19, ambas localizadas em Teresina, registram 252 casos de Covid-19 entre gestantes e puérperas, que são mulheres na fase pós-parto. Desde o início da pandemia, duas mulheres morreram no estado em decorrência de complicações da Covid-19. Nenhum recém-nascido testou positivo para a doença.

Mortes de grávidas por Covid-19

Segundo o levantamento feito pelo G1, além de Jade, outras duas mulheres morreram no Piauí em decorrência de complicações da Covid-19. Nenhum recém-nascido testou positivo para a doença.

A primeira morte por Covid-19 na MDER foi da jovem Maria Eduarda Santiago de 20 anos. Ela não tinha comorbidades e faleceu no dia 10 de junho, catorze dias após dar à luz. Maria Eduarda chegou a ficar 10 dias entubada. Após a retirada do tubo, ela passou cinco dias respirando sem aparelhos, mas não resistiu.

Maria Eduarda Santiago faleceu vítima da Covid-19 em Teresina — Foto: Arquivo pessoal

Maria Eduarda Santiago faleceu vítima da Covid-19 em Teresina — Foto: Arquivo pessoal

A segunda morte por Covid-19 foi de Ana Flávia, em 15 de julho. Segundo a maternidade, ela tinha comorbidades como hipertensão, diabetes e obesidade. Ana Flávia tinha 29 anos e deixou o marido e cinco filhos. A maternidade não divulgou com quantas semanas de gravidez estava a jovem.

Flávia Carvalho, 29 anos, morreu vítima da Covid-19 em Teresina — Foto: Arquivo Pessoal/Flávia Carvalho

Flávia Carvalho, 29 anos, morreu vítima da Covid-19 em Teresina — Foto: Arquivo Pessoal/Flávia Carvalho

Decretos no Piauí de isolamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas por tempo indeterminado.

Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras.

Prevenção, contágio e sintomas

Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.

É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar).

Por: G1

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *