IML diz que laudo com causa da morte de Firmino sairá em 10 dias

Segundo o diretor do instituto criminalista, ainda é cedo para qualquer definição de hipótese a respeito da morte do ex-prefeito Firmino Filho.

O Instituto de Medicina Legal (IML), que removeu o corpo do ex-prefeito Firmino Filho na tarde dessa terça-feira (06), informou que o laudo da causa da morte sairá em 10 dias. Ele foi encontrado morto na tarde de ontem em frente ao prédio River Center, na zona Leste de Teresina.

Segundo a perícia, que esteve no andar onde Firmino estava, foram encontrados o celular e os sapatos do ex-prefeito. Ele estava de máscara quando foi encontrado.

De acordo com Antônio Nunes, diretor do instituto criminalista, as câmeras internas do prédio do Tribunal de Contas da União (TCU) podem ser acionadas dentro do processo de investigação, mas que a definição da causa será somente após uma necropsia que sairá em 10 dias.

“Não dá ainda para definir o que aconteceu mesmo por uma questão jurídica, mas geralmente a gente trabalha com três hipóteses gerais. Foi feito o devido levantamento lá em cima pelos peritos criminais. Os delegados acompanharam, e a DHPP esteve aqui também fazendo seu levantamento”, disse o médico do IML.

Ainda segundo Antônio Nunes, ainda é cedo para qualquer definição de hipótese a respeito da morte do ex-prefeito Firmino Filho. O material colhido ao lado do corpo foi todo levado pela perícia e será analisada a posição da queda e analise de toda logística.

Firmino deixa a esposa Lucy Soares, deputada estadual, e os filhos Bruno, Bárbara e Cristina Soares.

 

Por Vi Agora

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *