Incêndio ameaça fazendas centenárias em Campo Maior; Bombeiros fazem alerta

Um grande incêndio está sendo registrado nesta segunda-feira (11) no município de Campo Maior, próximo à divisa com Castelo do Piauí, e ameaça algumas fazendas centenárias localizadas na região.

O tenente-coronel Egídio Leite informou que o Corpo de Bombeiros foi acionado na manhã de hoje sobre o incêndio que está atingindo as pastagens da região. Não se sabe ainda o quanto de área já foi afetada. A principal preocupação é que o fogo se aproxima das fazendas.

“Hoje fomos acionados por um incêndio que atinge a região de Campo Maior, a região das fazendas históricas, na PI que liga Campo Maior a Castelo. Aproximadamente a 25 km de Campo Maior, e lá tem fazendas históricas, centenárias. É uma região de muita pastagem e com origem na Abelheiras, e o fogo está assustando as pessoas, pois existe uma série de fazendas lá”, afirmou.

Um morador da região chegou a gravar um vídeo afirmando que está preocupado com o incêndio e que estão jogando água ao redor da residência para que o fogo não se aproxime. “Está chegando no fundo da casa, é um perigo (..) já está perto da casa, tem três quilômetros para frente e o problema é gado, que está solto”, relatou.

O tenente-coronel informou que devido ao tempo seco, fica mais difícil combater o incêndio, principalmente porque está ocorrendo em uma região de pastagem onde é mais fácil ocorrer a propagação.

“Incêndio em pastagem é difícil de ser combatido, pois as pastagens estão secas, as equipes estão empregadas, mas o comparecimento do Corpo de Bombeiros ajuda na orientação e enfrentamento, e na espera do momento mais propício para a extinção, que é no final da tarde e início da noite, que é quando temos temperaturas mais baixas. Pois nesse horário do dia [pela manhã e tarde] se propaga rapidamente e existem cuidados especiais, pois dependendo da situação, até a vida das pessoas que estão combatendo corre risco”, explicou.

Egídio Leite ainda alertou para as pessoas terem cuidado e para evitarem usar o fogo como forma de limpar o terreno.

“É um momento delicado que estamos enfrentando nesse período de queimadas e nunca é demais pedir que as pessoas evitem a prática de fogo como mecanismo de limpeza, que se tenha extremo cuidado, e que não venha a se transformar em incêndio de grandes proporções, piorando a qualidade do ar, risco para animais e pessoas”, alertou.


Fonte: Bárbara Rodrigues/Cidade Verde


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais