Jogador brasileiro sofre parada cardiorrespiratória durante partida em Portugal

O meia Alex Apolinário, 24, que atua pelo Alverca, sofreu uma parada cardiorrespiratória durante partida contra o Almeirim, neste domingo (3), pela terceira divisão do Campeonato Português.

O brasileiro caiu desacordado no gramado por volta dos 27 minutos do primeiro tempo, perto do círculo central. Ele precisou ser atendido com o uso de desfibrilador. Em seguida, foi encaminhado ao hospital de Vila Franca de Xira para continuar com a recuperação.

O meia foi reanimado dentro da ambulância de socorro, que chegou em cerca de seis minutos ao estádio.

Depois do ocorrido, o árbitro da partida decidiu não retomar o jogo. Os atletas e membros das comissões técnicas das duas equipes fizeram um círculo de oração para o brasileiro.

Alex atua pelo Alverca desde o início de 2019, quando se transferiu para o futebol português. Antes disso, no Brasil, defendeu Botafogo de Ribeirão Preto, Cruzeiro e Athletico.

Em nota, o clube português lamentou o ocorrido e desejou pronta recuperação ao brasileiro. “Desejamos e oramos pela total reabilitação de Alex Apolinário”, escreveu o Alverca.

Veja a íntegra da nota do Alverca

“O FC Alverca Futebol SAD informa que o atleta Alex Apolinário aparentemente sofreu, no relvado, aos 27 minutos do jogo diante do UFC Almeirim, uma parada cardiorrespiratória.

O atleta foi imediatamente atendido pelos profissionais de saúde do FC Alverca Futebol SAD, devidamente treinados, com desfibrilador, que está sempre presente nos jogos e treinos da equipa.

Queremos agradecer em primeiro lugar aos Bombeiros e a Ambulância que rapidamente chegaram ao relvado do Estádio e assumiram o socorro ao nosso jogador.

Queremos agradecer também a solidariedade prestada por todos os atletas e Staff do UFC Almeirim neste momento tão delicado pelo qual passamos e estamos vivenciando no dia de hoje.

Logo após a roda de orações feita por todos presentes, ao centro do relvado em nosso estádio, Alex Apolinário teve sua situação estabilizada e foi removido, a critério dos socorristas, ao Hospital de Vila Franca de Xira para continuar com sua recuperação.
Desejamos e oramos pela total reabilitação de Alex Apolinário”.

Fonte: Folhapress

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *