MEC admite divulgação “indevida” de resultados do Sisu e promete apuração “rigorosa”

O Ministério da Educação admitiu, em nota divulgada nesta sexta-feira (2), que houve uma divulgação “indevida” de resultados provisórios do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2024.

Na última terça-feira (30), candidatos que tinham sido aprovados apareciam fora da lista final, por causa de uma falha técnica no site oficial.

Em nota, o MEC confirmou que houve uma “divulgação indevida de resultados provisórios, ainda não homologados, durante 25 minutos da manhã do dia 30 de janeiro”. “A ocorrência está sendo rigorosamente apurada”, completou o governo.

O MEC ainda afirmou que “o sistema é seguro e os resultados oficiais não são modificados”.

Resultados disponíveis

Os selecionados na chamada regular do processo seletivo do Sisu 2024 podem realizar matrícula ou registro acadêmico nas instituições de ensino para as quais foram admitidos a partir desta sexta (2). O prazo vai até 7 de fevereiro.

“Cabe ao candidato observar as condições, os procedimentos e os documentos para matrícula, bem como se atentar para os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição, em edital próprio”, avisa o MEC.

São 264.181 vagas em 6.827 cursos de graduação de 127 instituições públicas de ensino superior de todo o Brasil.

Candidatos que não forem selecionados na chamada regular poderão manifestar interesse em participar da lista de espera, até 7 de fevereiro, pelo Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Em 2024, a lista de espera poderá ser usada durante todo o ano pelas instituições participantes, para preencher vagas não ocupadas na chamada regular.

Fonte: SBT News


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais