Menino de 10 anos vai pra porta de hospitais orar por doentes da Covid

Um menino de 10 anos, que tem uma fé inabalável, foi para a porta de três hospitais pra orar pelos pacientes com Covid-19 internados em Feira de Santana, na Bahia.

Emocionado ao saber de tanta gente doente e morrendo vítima da doença, Luan Menezes Carneiro pediu para a mãe pra fazer o que estava ao alcance dele: orar.

Usando máscara, o menino levou uma cruz de madeira nas mãos e pediu a Deus pela recuperação dos pacientes.

A mãe dele, Gilsara Menezes Carneiro, explicou em entrevista ao SóNotíciaBoa que não colocou o filho em risco: “Ele desceu do carro, fez uns dois minutos de oração com a máscara, voltou novamente para o automóvel e passou álcool em gel”, afirmou.

Gilsara contou que Luan é “muito católico” e quis abençoar os hospitais porque a avó dele estava internada em um deles com Covid. Felizmente ela já teve alta.

A ideia

O menino teve a ideia depois que viu um vídeo no Instagram com a diretora pedagógica da escola em que estuda, a professora Judinara Braz, fazendo orações para pessoas doentes e recuperadas do novo coronavírus.

“Após ver esse vídeo ele me pediu para conversar com Deus na frente dos hospitais. A palavra gratidão descreve o sentimento diante das atitudes dele. Luan é uma criança de muita fé, desde pequeno costuma agradecer a Deus por tudo e fala que mesmo que aconteça algo que não gostamos”, disse a mãe dele, Gilsara Menezes Carneiro, ao Acorda Cidade.

Emoção

Luan contou que sentiu uma emoção muito forte quando ficou em frente ao hospital.

Ele considerou o momento como um encontro com Deus e disse que sua conversa com Ele foi de fé e agradecimento.

“Da mesma forma que devemos nos alimentar com comidas saudáveis, devemos nos nutrir das palavras de Deus, independentemente de religião”, lembrou o menino.

A mãe dele contou que, assim como a maioria dos garotos da sua idade, Luan gosta muito de brincar, jogar videogame, fazer natação, jogar futebol… mas também gosta também de orar.

Luan, 10 anos - Foto: arquivo pessoal
Luan, 10 anos – Foto: arquivo pessoal

Luan, 10 anos - Foto: arquivo pessoal
Luan segurando a cruz em frente a hospital – Foto: arquivo pessoal

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – Com informações do AcordaCidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *