Morre aos 97 anos, Camilo Cola, fundador da Viação Itapemirim

Empresário morreu de causas naturais em Cachoeiro de Itapemirim.

O empresário Camilo Cola, ex-deputado federal, morreu na noite deste sábado (29) em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. Ele tinha 97 anos e morreu de causas naturais.

Camilo fundou a Viação Itapemirim, vendida para outro grupo empresarial em 2017 após mais de 60 anos sendo administrada pela família Cola. A empresa lamentou a morte.

O empresário foi deputado federal pelo Espírito Santo entre 2007 e 2015.

Na juventude, lutou na Segunda Guerra Mundial.

Em 2020, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, o homenageou com a Medalha de Mérito Mauá. A comenda simboliza o reconhecimento das personalidades por sua contribuição ao desenvolvimento e progresso do setor de infraestrutura e do país.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), decretou luto oficial por três dias.

“Recebi com pesar a notícia do falecimento de Camilo Cola, ex-combatente, apaixonado pela política e, sobretudo, um dos maiores empreendedores do Brasil, que mesmo com o avançar da idade sempre fez planos para o futuro. Em homenagem, decretarei luto oficial por três dias no ES”, disse o governador.

O prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho (PSB), lamentou a morte em uma rede social.

“Recebi a notícia do falecimento, aos 97 anos, do sr. Camilo Cola. Um homem a frente do seu tempo. Empresário, ex-deputado federal, mas acima de tudo um visionário. Cachoeiro perde um de seus nomes mais ilustres, que levou nossa cidade ser conhecida nos quatro cantos do Brasil”, postou o prefeito.

O ex-governador Paulo Hartung falou da importância de Cola para o estado e o Brasil.

“Recebo com tristeza a notícia da morte do empresário Camilo Cola, importante nome na história econômica do Espírito Santo e do Brasil. Sua jornada no setor de transportes foi exitosa e marcante. Meus mais sinceros sentimentos à família e aos amigos”, explicou.

O deputado federal Evair de Melo (PP) também postou sobre a morte.

“Dia de nos despedirmos dessa lenda Camilo Cola. Cumpriu seu legado. Brasileiro, capixaba de 1ª grandeza. Expedicionário, produtor rural, empresário, político. Orgulhou a pátria na 2ª Guerra. Amigo, conselheiro e sempre incentivador”, publicou.

O Estrela do Norte, time de coração do empresário, se manifestou pelas redes sociais.

“Com imenso pesar comunicamos aos amigos que o Sr. Camilo Cola faleceu, aos 97 anos. Para todos nós que convivemos e aprendemos muito com ele, é uma grande perda. Nossos sentimentos para toda a família Cola”, diz o texto divulgado pelo clube.

 

Por | G1 ES

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *