Mulher doa útero para irmã mais nova ter filhos

Uma mulher de 40 anos, mãe de dois filhos, doou o próprio útero para a irmã mais nova realizar o sonho de ser mãe. O procedimento foi o primeiro transplante de útero realizado no Reino Unido, e é considerado um grande avanço na medicina reprodutiva. As informações são do Metrópoles.

A irmã mais nova, de 34 anos, não podia ter filhos devido a um problema de saúde. Ela tinha síndrome de Rokitansky, uma doença congênita que faz com que as mulheres nasçam sem útero.

Transplante de útero

A cirurgia foi realizada em fevereiro, no Hospital Churchill, em Oxford, na Inglaterra. A paciente teve alta dez dias depois do procedimento, mas o caso só foi divulgada nesta quarta-feira (23/08) para preservar as identidades da doadora e da receptora.

A cirurgia levou aproximadamente 18 horas. Os detalhes foram publicados na revista BJOG: An International Journal of Obstetrics and Gynaecology.

De acordo com a equipe médica, o procedimento foi um sucesso. O útero transplantado está “totalmente funcional” e a receptora terá 80% de chances de ter uma gravidez bem-sucedida.

A receptora afirmou estar “nas nuvens” após a cirurgia, animada com a possibilidade de aumentar a família. “Quero ter tantos filhos quanto puder”, disse.

Apesar da síndrome de Rokitansky, a paciente tem ovários e produz os próprios óvulos. Cinco deles foram coletados e congelados previamente para a realização de fertilização in vitro. O plano é implantá-los ainda este ano.

O cirurgião ginecológico Richard Smith, um dos principais médicos à frente da operação, contou ao jornal Daily Mail, que o clima era de emoção no dia da alta da paciente, dez dias após o transplante. “Estávamos todos em lágrimas”, contou Smith.

Transplantes de útero pelo mundo

Embora este seja o primeiro transplante deste tipo no Reino Unido, aproximadamente 100 transplantes de útero já foram realizados em todo o mundo. Estima-se que cerca de 50 bebês tenham nascido até agora. As primeiras operações bem-sucedidas foram realizadas em 2013 em Gotemburgo, na Suécia.


 

Via 180graus


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais