Mulher morre após fazer escova progressiva em salão de beleza

Uma mulher, de 31 anos, morreu após desenvolver uma forte reação alérgica a produtos químicos usados em uma escova progressiva.  O procedimento foi realizado em um salão de beleza em Ilha Solteira-SP. As informações são do jornal de Brasilia.

De acordo com a reportagem a família de Lidiane Ferreira dos Santos, ela começou a se sentir mal logo após o procedimento.  Os sintomas incluíam queimação pelo corpo, irritação na pele e falta de ar. Ela foi levada ao hospital e foi internada em estado grave na UTI, mas não resistiu e morreu. 

O caso foi registrado na delegacia e um inquérito foi aberto para investigar as causas da morte da vítima. Segundo o hospital, o atestado de óbito indicou parada cardiorrespiratória, alergia a produtos químicos, crise convulsiva e hipotensão como causas da morte. O caso está sob investigação da polícia. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *