Nova Subestação Simões vai reforçar a energia em 10 municípios da região Sul do Piauí

A subestação é equipada com o que há de mais moderno no segmento, contará com tecnologia de ponta em automação, controle e capacidade de intervenção de maneira remota

O Grupo Equatorial desde que chegou ao Piauí, há pouco mais de três anos, vem promovendo uma série de investimentos com o objetivo de aprimorar os serviços disponibilizados à população piauiense. A região sul, por exemplo, em breve será beneficiada com a nova Subestação Simões, que visa garantir energia com mais qualidade e segurança para os municípios de Simões, Jaicós, Patos, Jacobina, Paulistana, Acauã, Betânia, Massapê, Caridade e Curral Novo. A obra conta com investimentos de aproximadamente R$ 13 milhões.

A subestação é equipada com o que há de mais moderno no segmento, contará com tecnologia de ponta em automação, controle e capacidade de intervenção de maneira remota, além de possibilitar a realização de manobras de apoio e transferências de cargas entre subestações de regiões próximas. Tudo isso significa um sistema de atuação mais ágil para possíveis interrupções no fornecimento de energia.

“A obra representa um grande reforço no sistema elétrico no sul do estado, uma vez que vai beneficiar de forma direta 40.212 clientes de dez municípios da região.  A subestação tem previsão de ser energizada até o final de março desse ano”, afirmou o Líder de Obras de Alta Tensão, Luiz Lima.

A iniciativa faz parte do compromisso que a empresa assumiu com os cerca de 1,4 milhões de clientes, em contribuir com o desenvolvimento de norte a sul do estado. “A nova subestação que possui potência 15 MVA, vem para possibilitar mais qualidade da energia e segurança à população dos municípios beneficiados, além de contribuir para o desenvolvimento dos municípios por meio do crescimento do comércio da região”, declara Paulo Medeiros, Superintendente da Regional Sul da Equatorial Piauí.

Somado a isso, ainda foi construída uma nova linha de distribuição de energia com 15 km de extensão e investimentos que contabilizam cerca de R$ 3,7 milhões. “Na prática isso significa grande benefícios para região, uma vez que trará um importante reforço no sistema de energia, melhoria no nível de tensão e confiabilidade no fornecimento”, conclui Luiz Lima, Líder de Obras de Alta Tensão da Equatorial Piauí.

Fonte: Riachão Net

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *