Novo decreto mantém escolas da rede pública de Teresina fechadas até 30 de maio devido à Covid-19

Aulas do ensino público da capital continuam suspensas como medida de prevenção ao coronavírus. Com prorrogação, período sem aulas ultrapassa os dois meses.

Por G1 PI

As aulas da rede pública municipal de Teresina ficam paralisadas até o dia 30 de maio. A nova data, que ampliou o período do fechamento das escolas, está no novo decreto assinado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), divulgado nesta quarta-feira (29). Desde o dia 19 de março, as aulas nas unidades de ensino público da capital estão suspensas devido à pandemia de coronavírus.

Para ampliar a data de paralisação, o prefeito de Teresina levou em consideração o agravamento da crise sanitária causada pela Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Segundo a prefeitura, o isolamento social de alunos, professores e equipes escolares é uma das ações de combate à proliferação da doença na capital.

Com a decisão, a rede de ensino público municipal de Teresina fica com aulas suspensas por mais de dois meses. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) deve organizar um calendário de reposição das aulas suspensas quando as atividades retornarem para preservar os 200 dias letivos e 800 horas/aula.

Último boletim com números da Covid-19 no Piauí registrou 454 casos confirmados e 24 mortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *