Operação Petróleo Real: 6 postos de gasolina são autuados por irregularidades em Teresina

A ação tinha como objetivo de supervisionar a atuação dessas empresas e verificar se os consumidores estão sendo lesados

Na manhã desta sexta-feira (09), o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON), junto ao Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (IMEPI) e aos órgãos de segurança, fiscalizaram 24 postos de gasolina em todas as zonas de Teresina.A ação tinha como objetivo de supervisionar a atuação dessas empresas e verificar se os consumidores estão sendo lesados. A operação foi feita simultaneamente em todo o Brasil e em Teresina teve início ontem (08).

Arimateia Arêa Leão, representante do PROCON, conta que foram encontradas irregularidades em seis dos 24 postos fiscalizados. Uma das práticas abusivas desses locais é a ‘bomba baixa’, um golpe no qual a quantidade de combustível que vai para o tanque do consumidor é menor do que a bomba efetivamente acusa, isso porque o equipamento furta cerca de 10% da gasolina.

Foto: Assis Fernandes/Portal O Dia

Nesses postos que foram encontradas irregularidades, interditamos a bomba que estava cometendo aquela prática abusiva. Os postos foram autuados pelo PROCON e pelo IMEPI e estão passíveis de multa que vai de R$600 a R$10 milhões, com um prazo de 15 dias para fazer a defesa”, declara.

De acordo com Arimateia Area Leão, ainda foi encontrado outro tipo de irregularidade nos postos de gasolina. “Produtos em lojas de conveniência vencidos também é crime, pois coloca em risco a vida do outro. O consumidor não tem o hábito de olhar a validade. Foram apreendidos pizzas, refrigerantes e até cervejas, muitos produtos vencidos passíveis de multa”, afirma.

Para se precaver desses golpes, o consumidor tem o direito de exigir do posto aferição e qualidade. “Se o cliente achar que o automóvel não rendeu o que ele esperava, ele pode exigir do posto que faça aferição de quantidade e qualidade. O consumidor também pode fazer a reclamação junto ao canal do Ministério Público do Piauí”, ressalta.

A Operação também ocorrerá no interior do Estado, nas cidades polos, como Parnaíba, Picos e Campo Maior.

 

Por Emelly Alves, Portal O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *