Palmeiras bate Grêmio por 2×0 e fatura o tetra da Copa do Brasil

Campeão também do Paulistão e da Libertadores, Verdão chega ao terceiro título na temporada 2020

O Palmeiras é tricampeão na temporada 2020. Depois de levantar as taças do Campeonato Paulista e da Libertadores, o Verdão faturou neste domingo (7) mais um troféu, dessa vez da Copa do Brasil. O título veio após a vitória por 2×0 sobre o Grêmio, no Allianz Parque.

No duelo de ida, em Porto Alegre, o time do técnico Abel Ferreira já tinha ganhado, por 1×0, gol de Gustavo Gómez. Por isso, tinha a vantagem de jogar por um empate. Mas desbancou o tricolor gaúcho também na segunda partida, com gols de Wesley e Gabriel Menino.

Uma tríplice coroa não era conquistada pelo Palmeiras desde 1993, quando levou os títulos do Paulistão, do Rio-São Paulo e do Brasileirão daquela temporada.

A Copa do Brasil de 2020 se tornou ainda o 4º troféu da competição do Verdão. O primeiro deles foi em 1998, contra o Cruzeiro. Depois, em 2012, bateu o Coritiba na final. E, em 2015, venceu o rival Santos nos pênaltis. Já o Grêmio segue com cinco troféus do torneio nacional.

A vitória do clube paulista, aliás, foi comemorada também pelo Fluminense. Afinal, como já tinha se garantido no mata-mata da Libertadores por ser o atual campeão, abriu mais uma vaga para a fase de grupos da competição continental – que foi preenchida pelo time carioca, quinto colocado no Brasileirão.

O Grêmio, por sua vez, acabou a Série A em sexto e, sem o título da Copa do Brasil, enfrentará o Ayacucho, do Peru, na segunda fase classificatória. A partida de ida será já nesta quarta-feira, às 21h30, em casa. Já o Palmeiras entra em campo na quinta, contra o São Caetano, às 19h, no Allianz Parque, em jogo atrasado pela primeira rodada do Paulistão.

O jogo
Com necessidade de vencer, o Grêmio partiu logo para cima do Palmeiras e quase abriu o placar aos 2 minutos, com Pepê,  mas o atacante furou na hora de finalizar. O time gaúcho ainda teve bom momento com Alisson, aos 5 minutos.

A resposta do Palmeiras não demorou. Aos 7, Rony surgiu em contra-ataque, mas Paulo Miranda travou o chute. Aos 18 minutos, o Verdão chegou a balançar as redes, quando Felipe Melo lançou para Rony na esquerda. O atacante tocou para trás e Raphael Veiga mandou para o fundo do gol, mas o lance foi anulado por impedimento do camisa 11.

Mais adiante, aos 23, o Grêmio teve duas chegadas, primeiro com Maicon, travado por Gustavo Gómez, e em seguida com Diego Souza, de cabeça – mas Weverton defendeu. O time paulista voltou a aparecer cinco minutos depois, mas Paulo Victor defendeu em dois tempos. Na reta final do primeiro tempo, mais uma chance para os anfitiões, com chute de  Zé Rafael de fora da área, impedido pelo goleiro.

No segundo tempo, o Palmeiras teve boa oportunidade ainda aos 30 segundos, com chute de longe de Raphael Veiga, defendido por Paulo Victor. Aos sete, veio o primeiro gol: em contra-ataque, Raphael Veiga acionou Wesley na esquerda, que bateu cruzado. O goleiro gremista espalmou, mas não conseguiu impedir o 1×0.

Com o tricolor atrás no placar, o o técnico Renato Gaúcho tentou mudar o time, promovendo as entradas de Ferreirinha, Guilherme Azevedo e Jean Pyerre, mas não deu certo.

Aos 39 minutos, o Palmeiras sacramentou o título. Em contra-ataque veloz, Rony lançou para Willian, que deu assistência para Gabriel Menino. O volante driblou, bateu de pé esquerdo e assinalou o 2×0.

 

Por: Correio24h

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *