Para manter a liderança, Seleção Brasileira enfrenta o Peru pelas Eliminatórias

Após goleada por 5 a 0 na estreia, Seleção Brasileira mede forças com o Peru, em Lima, em busca de mais três pontos rumo à Copa do Mundo do Catar.

É dia de Seleção Brasileira em campo! Nesta terça-feira, o Brasil enfrenta o Peru pela segunda rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. A bola rola às 21h (horário de Brasília), no Estádio Nacional, em Lima. O jogo terá transmissão exclusiva do EI Plus, plataforma de streaming dos canais Esporte Interativo. Saiba como assistir.

Após estrear goleando a Bolívia por 5 a 0, o Brasil quer manter a pegada e se firmar na liderança das Eliminatórias. O confronto desta terça-feira é essencial para confirmar o bom início de competição, mas não promete ser fácil, como indica o retrospecto recente entre as duas equipes.

Brasil e Peru se encontraram na final da Copa América de 2019, no Maracanã. Em um jogo muito disputado, a Seleção Brasileira derrotou La Blanquirroja por 3 a 1. O primeiro reencontro após a decisão foi em setembro do ano passado. Em jogo preparatório, o Peru derrotou o Brasil por 1 a 0, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Com a experiência destas duas partidas, o técnico Tite sabe que o Brasil terá um desafio e tanto pela frente nesta terça-feira. Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que tanto o triunfo na Copa América quanto a derrota em setembro já estão no passado, mas constatou que são uma demonstração da qualidade do adversário.

“Nós vencemos contra o Peru, mas é o mesmo que nos venceu. É uma situação passada, de diferença, de um adversário importante, de qualidade importante, de um grau de dificuldade técnica e física superior ao que nós enfrentamos (contra a Bolívia). Não desmerece o nível de atuação, mas relativiza, contextualiza e nós temos que ter essa capacidade. Estou pensando em repetir o desempenho, a ideia de futebol e que a equipe jogue muito. Que ela tenha a consciência de criar e fazer gol, que seja dura e dificulte o adversário ao máximo as conclusões para, se possível, não tomar gol, para que saia com a vitória”, analisou Tite.

Amistoso da Seleção Brasileira masculina - Brasil x Peru no Los Angeles Coliseum. CasemiroBrasil e Peru se enfrentaram em setembro do ano passado.
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira fez todo seu período de preparação para esta partida em território nacional. Seguindo protocolos estabelecidos pelo departamento médico, a delegação do Brasil só viajou ao Peru na noite desta segunda-feira, após fazer uma última atividade no Centro de Treinamento Joaquim Grava, em São Paulo.

Auxiliar técnico da Seleção, Cléber Xavier destacou o esforço feito por todos para que o trabalho pudesse ser realizado da melhor forma possível, mesmo em uma situação completamente diferente, por conta da pandemia de coronavírus. Ao lado de Tite na entrevista, ele recordou o início dos treinamentos, na Granja Comary, e fez um balanço sobre o que foi feito nesta Data FIFA.

“A gente trabalhou bem em Teresópolis, com tranquilidade. Mesmo com o problema do Neymar, a gente conseguiu colocar em prática tudo que  desenvolveu nesse período, que foi longo. A vinda agora para São Paulo, também, tanto antes do jogo, quanto depois, agora em preparação contra o Peru. Conseguimos desenvolver, com a dificuldade que a gente esperava ter maior, de vir um jogador de cada lugar, alguns voltando a jogar há pouco tempo, outros voltando de lesão. Era nossa preocupação. Conseguimos equilibrar e desenvolvemos bem para o primeiro jogo e agora temos todos em condições para o segundo jogo”, disse Cléber Xavier.

 

Por CBF

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *