Destaques

Patos: Vereadores aprovam cinco projetos de lei e debatem assuntos de interesse dos munícipes

Durante a sessão deste sábado (25.mar) na Câmara Municipal de Patos do Piauí, os vereadores aprovaream cinco projetos de lei. O de nº 003/2023 que dispõe sobre a Regulariazação Fundiária Urbana do município; o de nº 004/2023 que dispõe sobre as taxas devidas para o licenciamento ambiental de empreendimentos, atividades ou serviços considerados efetivos ou potencialmente poluidores ou degradadores do meio ambiente no município; o de nº 005/2023 que institui a Ouvidoria Geral do município; o de nº 006/2023 que dispõe sobre a recondução de novos processos de escolhas de Conselheiro Tutelar; o de nº 010/2023 que dispões sobre a criação do Conselho Municipal de Turismo e o de n° 008/2023 que cria o Conselho Municipal de Cultura.

Após a provação dos projetos os veradores foram à tribuna da Casa.

A primeira a usar a palavra foi a vereadora Zuleide Costa (Progressistas) que falou sobre as placas das unidades básica de saúde de algumas localidades que vieram sem os nomes dos homenageados.

“Me disseram que foi erro na hora de fazer, quero saber o que está acontecendo?! Falaram que iriam recolher e não recolheram ainda. está lá com nomes trocados, porque lá tinha um nome e agora com a troca da placa só colocaram UBS Bom Jardim. Se não me engano nas placas das escolas também tem esse erro. Na UBS Morro da Onça também a placa veio desse jeito: UBS Morro da Onça. Só que tem nome todas as UBSs. Foi votado Projeto de Lei nesta Casa”, disse.

Zuelide abordou também sobre o seletivo que será realizado pela Secretaria Municpal de Educação.

“Em relação ao teste seletivo de professores que vai ser realizado, gostaria de saber de onde vai vir esse recurso para pagar esses novos professores? Foi votado um projeto aqui pelos colegas, jornada ampliada para mediadores, se eu não me engano já foi realizada essa prova e já tem os contratados, porém acredito que isso já está causando um custo a mais para o município, daí vem e faz um teste seletivo, e o prefeito ainda não pagou o mês de dezembro que ficou da gestão anterior para os professores. Quando teve o reajuste do piso tirou algumas vantagens. Se não me engano no edital são 12 professores, mais cadastro de reserva. Não sei como o município de Patos vai arcar com tantas despesas”, questionou.

O vereador Chico de Oséias (Progressistas) abordou inicialmente em eu pronuciamento a presença de animais nas ruas.

“No povoado Cajueiro tem todo tipo de animais soltos nas ruas. Na gestão passada votamos uma lei, e ela foi executada por um tempo. Gostaria de pedir ao prefeito que tome alguma providência”, e relatou “Outro problema que nós temos recorrente e que sempre estou batendo nesta tecla, é a questão da polícia. Mudaram o  comandante, que foi o Batista, mudaram novamente e infelizmente não mudou nada do nosso município. Nós que somos pais, vivemos uma preocupação muito grande. É a questão das drogas e da violência no povoado Cajueiro. A polícia afz vistas grossas em determinada coisas. Faço um apelo aqui para que a gente procure uma solução para o problema”, pediu.

O vereador José Hélio o “Helim” (Progressitas) também afalou sobre as placas dos prédios municipais.

“As placas dos colégios tiveram erros, mas erros grosseiros. Deveria alguém da gestão ter acompanhado todo o processo na colocação dos nomes”, e questionou “Queria saber do vereador Wilson como é que está o andamento do Matadouro Municipal de Patos? se já foi concluído lá os trabalhos estamos sempre cobrando”, e ao conculir indagou ”queria falar desse teste seletivo. O prefeito veio aqui na abertura dos trabalhos legislativos, disse que teve dificuldade para repor inicialmente os professores, e falou que poderia até até atrasar salários dos professores. Então,  queria saber de onde vai sair esses recursos para pagar esses professores do teste seletivo”, questionou.

O líder do prefeito na casa, vereador Wilson Vieira (PSD), iniciou respondendo a questionamentos dos vereadores da oposição.

“Em relação as placas, com certeza também vou questionar junto com a colega vereadora e cobrar, porque nenhum deles colocaram dados recentes, foi feito um levantamento, acho que o levantamento foi feito por uma pessoa da empresa e deveria ter alguém do município junto. Mas iremos cobrar para que coloque esses nomes, porque é de direito e assim melhor identificar”, e contonuou “em relação ao teste seletivo, vou levar a secretária e ao prefeito. Me orientaram que esses contratados serão para substituír pessoas que não tiraram licença, mas eu com certeza na outra sessão, trarei a resposta completa”, disse.

Wilson falou sobre o roço da PI que liga a Br-407 ao povaodo cajeuiro

“O prefeito me disse que tinha levado um ofício ao departamento competente e ia procurar fazer algumas amenizações enquanto não saia uma decisão efetiva” e concluiu repondendo  ao vereador Helim “em relação ao curral, já está pronto, só falta a questão da pá carregadeira para terminar tudo, porque tem que fazer um aditivo e ela não está no projeto, mas na questão do curral em si, já está concluido”.

O vereador Franscisco Evaristo o “Sarrika” (PSD) falou sobre o abstecimento de água.

“Como disse o veerador Chico de Oséias,  realmente é difícil lidar com muita gente sobre essa questão de água, porque tem muitas pessoas que puxam a mangueira da caixa e levam para casa dentro da propriedade, aí nós nãos temos o direito de fiscalizar dentro da propriedade, uma mangueira furada. Muitas vezes a mangueira estoura e ele não sai para verificar. Nós, temos o dever de ver se a bomba está boa, jogando na adutora, aí sim é responsabilidade da gente, mas a mangueira que vai pra dentro da casa da pessoa é responsabilidade do proprietário” afirmou.

O vereador Cornélio Edmundo (PSD) falou inicilamente sobre o fechamento de algumas escolas.

“O vereador Wilson já explicou! Questionei na gestão passada quando foi para fechar o colégio lá do Umbuzeiro, que foi criado 1990 na época prefeito Crisanto Neto. Um colégio grande, com duas salas que funcionavam como modalidade multisseriado. Chegou uma época que os alunos diminuíram, só que depois eu vi que se a prefeitura colocar transporte para carregar os alunos para o povoado mais perto ou para sede, fica bem melhor para o aluno, o ensino vai ser de mais qualidade”, e concluiu felictando o médico cubano que mora no município, aprovado no Revalida “quero parabenizar o Dr. Alexei pela sua conquista. É um médico que sempre escolheu Patos para residir. É de admirar! Tem muitos que são daqui  e não residem aqui, e ele escolheu residir aqui em Patos. Espero que prefeito possa contratar ele para tender a população potoense.”

A vereadora Luzitânia Dias a “Taninha” (PSD) iniciou dizendo parabenizando o medico cubano que reside no município.

“Gostaria de iniciar o meu discurso falando a respeito da aprovação do Dr. Alexei, motivo de muita felicidade não só para mim mas para a população inteira, não existe palavras para definir o tamanho da felicidade estamos entindo de ontem para hoje, sabemos do esforço dele para conseguir passar nesse texte o que   ele faria se  ele não passasse estava dificil até porque ele quer trazer a familia dele para o Brasil e vai para o processo de documentação para depois a gente ver qual o futuro dele, mas ante mão gostaria dizer que a nossa intenção como toda a população é ele ser contratado para nosso município até porque ele se sente patoense.

Gostaria também de parabenizar por alguns feitos principalmente o calçamento nesse período chuvoso. Fiquei feliz em ver mais ruas de Patos sendo calçadas.

Ouvi aqui também falar das placas estive conversando com secretaria de educação Sueli e ela me disse que estava chateada com esse erro se não me falho a memoria lá na CollorSystems  em Picos e que ela falou com ele a respeito das placas da educação para ele recolher e concerta-las se tem o nome tem que colocar nas placas porque é lei.

A respeito do teste seletivo vi nas redes sociais hoje aqui ouvi a respeito não conversei com a secretaria e nem ninguém da educação a respeito se esse teste for para tirar licença de professor principalmente licença-prêmio eu também não concordo se for para tirar licença não está correto.

Sobre o fechamento das escolas quando eu sair da secretaria em 2012 cheguei também a ficar chateada com as escolas que foram fechadas naquela existia 29 escolas se não me engano funcionando sei que o exemplo da Panela tinha apenas 6 alunos realmente o custo era altíssimo para manter professor, merenda escolar, serviços gerais mas com o passar do tempo a gente viu que isso foi um feito que não foi ruim para os alunos intuito do ex gestor era acabar com o ensino multisseriado está sessando essa modalidade de ensino em nosso municipio e se for para isso é louvavel sim trazer para sede ou para o povoado porque o ensino é bem melhor”, finalizou.

O vereador Antônio Rufino o “Tonhão” (Progressistas) foi breve em seu pronunciamento.

“Quero falar falando sobre as chuvas. Está chovendo muito no nosso município e essa chuva sempre traz muitos benefícios, mas também traz estragos, como as estradas que terminam atrapalhando os alunos, mas, é assim mesmo.”

O presidente da Casa, vereador Marlon Costa (PSD), inicialmente falou sobre a PI que liga a BR-407 ao povoado Cajueiro.

“O prefeito disponibilizou os trabalhadores para fazer a limpeza, a carpina, que vai facilitar para as pessoas que fazem caminhadas. É muito perigoso a PI, estreita e à tardinha onde sol atrapalha mais a visão para quem vem de carro. Ontem, estive com ele, e ele pediu para aguardar mais duas semanas, porque estão prometendo fazer o restante do rosso. Mas, se em duas semanas não resolverem, ele o prefeito Joaquim Neto, disse que vai resolver”, informou.

Marlon abordou um tema já falado na sessão.

“A nossa segurança pública é um caso recorrente e é em todos os municípios pequenos. Andei conversando com o comandante daqui e ele relatando as dificuldades na questão do dia a dia fica. Fica um policial no finais de semana e dois dois policiais para trabalhar na semana. Elss tem vontade de trabalhar, mas às vezes fica inviável até para afzer uma blitz. Pensei em combinar com vocês vereadores e fazer um oficio para a gente fazer uma reunião com o comandante do GPM aqui de Patos, para vermos onde pode melhorar, porque a situação é crítica” e ao finalizar também felicitou o Dr. Alexei  “parabenizar também o cubano, uma pessoa que a maioria aqui em Patos aprova o trabalho dele. Quando ele chegou aqui, precisei de um atendimento, tava jogando bola e levei um corte no supercílio, e ele em atendeu à noite sem nehuma dificuldade. Outrea vez atendeu minha filha e, sempre que presisamos, está pronto para atender. Fiquei muito feliz em saber que ele passou no Revalida! Espero que ele possa prestar seus serviços aqui para a população de Patos do Piauí”, disse.

Por Portal Saiba Mais

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9417-2542

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais