Pela Copa do Brasil, São Paulo tenta aumentar jejum do Flamengo

São Paulo e Flamengo fazem nesta quarta-feira (18), às 21h30, no Morumbi, o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O único jeito para a equipe carioca seguir adiante na competição é fazer o que Rogério Ceni ainda não conseguiu como treinador: vencer o time paulista.

No Maracanã, no primeiro embate das equipes, o elenco de Fernando Diniz ganhou por 2 a 1. Agora, em casa, os são-paulinos têm a vantagem do empate. O time rubro-negro precisa vencer por dois gols de diferença para avançar. Se ganhar por um gol, levará a decisão para os pênaltis.

A tarefa não pareceria complicada se o histórico recente, tanto do Flamengo quanto de Ceni, diante do São Paulo não fosse tão desfavorável.

O ex-goleiro fez seis partidas contra seu ex-clube como treinador. Perdeu quatro -sendo uma em sua estreia pelo Flamengo, na quarta-feira (11)- e empatou duas.

O jogo da Copa do Brasil será o terceiro compromisso de Ceni à frente do time carioca, pelo qual tem, além da derrota na estreia, um empate com o Atlético-GO por 1 a 1, pelo Campeonato Brasileiro.

Além do jejum de Ceni, existe também o retrospecto desfavorável do próprio Flamengo diante do São Paulo. Desde julho de 2017 o clube da Gávea não vence do time tricolor. Foram sete jogos, com quatro vitórias dos paulistas -incluindo um 4 a 1 pelo Brasileiro deste ano- e três empates.

Para o jogo desta noite, Diniz tem todos os seus principais jogadores à disposição. Tchê Tchê, recuperado da Covid-19, é a única novidade, mas não deverá ser titular.

Já o Flamengo tem os desfalques de Pedro, Thiago Maia, Filipe Luís, Gabriel e Rodrigo Caio, machucados. Everton Ribeiro e Isla, que disputaram jogos das eliminatórias nesta terça (17), são dúvidas.

Fonte: Folhapress

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *