Pesquisa Amostragem: Permanece o duelo Pessoa x Fábio Abreu

A disputa pela Prefeitura de Teresina está acirrada entre pré-candidatos conhecidos da população como o ex-deputado estadual Doutor Pessoa (MDB), que tem 24,94% das intenções de voto estimuladas, e o deputado federal e secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu (PL), com 15,31% das intenções de voto estimuladas, apurou pesquisa do Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem) e encomendada pelo Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC), realizada com 405 eleitores, entre os dias 13 a 17 de dezembro, que pela primeira vez estimula o nome do empresário João Vicente Claudino, presidente regional do PTB, como pré-candidato a prefeito teresinense e do monsenhor Tony Batista.

Em seguida, vem o ex-prefeito Sílvio Mendes (sem partido), com 13,09% das intenções de voto estimuladas; o apresentador da Rede Meio Norte Silas Freire (Republicanos), com 5,43%; o secretário estadual de Cultura e deputado estadual Fábio Novo (PT), com 4,94%; a delegada Anamelka (PL), com 3,95%; o presidente regional do PSDB, Luciano Nunes, com 3,95%; João Vicente Claudino, com 3,21%; o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma (PSDB), com 2,72%; o secretário de Governo, Fernando Said (PSDB), com 2,47%; o presidente municipal do PSD e deputado estadual Georgiano Neto, com 1,98%; a deputada federal Margarete Coelho (PP), com 1,98%; o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Charles Silveira (PSDB), com 1,48% e; o monsenhor Tony Batista (sem partido), 1,48%.

A pesquisa do Instituto Amostragem aponta que 10,12% dos eleitores não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,98% afirmou que vai votar em branco ou nulo e 0,99% dos eleitores não sabe ou não opinou sobre os candidatos a prefeito teresinense.

O Instituto Amostragem fez o levantamento eleitoral com pessoas com 16 ou mais anos de idade residentes e com domicílio eleitoral na zona urbana e rural de Teresina.

A amostragem é não aleatória por cotas de sexo, faixa-etária, grau de instrução, classe de renda familiar, bairros, Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU), Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR) e foram feitas entrevistas domiciliares e individuais por bairros, por SDU e povoados, de acordo com o presidente do Instituto Amostragem, João Batista Teles.

A pesquisa com 405 eleitores teresinenses tem uma margem de erro de até 4,77% para mais ou para menos, nas estatísticas apresentadas para o total da amostra levantada.

Os bairros pesquisados foram Centro Norte / Sul, Vermelha, São Pedro, Monte Castelo, Marquês de Paranaguá, Macaúba, Cabral, Mocambinho I / II / III, Aeroporto, Acarape, Primavera I / II, Memorare, Água Mineral, Buenos Aires, Real Copagre, Mafrense, Matadouro, Saci, Parque Piauí, Lourival Parente, Santa Cruz, Promorar, Porto Alegre, Santo Antônio, Angelim, Bela Vista I / II / III / Planalto Bela Vista, Morada do Sol, Horto Florestal, Jóquei, São Cristóvão, Fátima, Ininga, São João, Santa Isabel, Piçarreira, Satélite, Verde Lar, Porto do Centro, Redonda, Novo Horizonte, Parque Ideal, Renascença I / II / III, Gurupi / Alto da Ressureição, Dirceu Arcoverde I / II / Parque Itararé e os povoados Ave Verde, Soinho, Santa Luz de Baixo e de Cima, Boa Hora.

Pessoa tem 28,69% dos válidos; Abreu 17,61%

A disputa pela Prefeitura de Teresina sob o ponto de vista dos votos válidos, que simula o resultado das eleições que não conta os votos nulos, em branco e a abstenção dos eleitores, também mostra o duelo entre Doutor Pessoa e Fábio Abreu, de acordo com a pesquisa do Instituto Amostragem.

O ex-deputado estadual Doutor Pessoa (MDB) teria 28,69% dos votos válidos e deputado federal e secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu (PL), com 17,61% dos votos válidos.

Em seguida, vem o ex-prefeito Sílvio Mendes (sem partido), com 15,06% dos votos válidos; o apresentador da Rede Meio Norte Silas Freire (Republicanos), com 6,25%; o secretário estadual de Cultura e deputado estadual Fábio Novo (PT), com 5,68%; a delegada Anamelka (PL), com 4,55%; o presidente regional do PSDB, Luciano Nunes, com 4,55%; João Vicente Claudino, com 3,69%; o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma (PSDB), com 3,12%; o secretário de Governo, Fernando Said (PSDB), com 2,84%; o presidente municipal do PSD e deputado estadual Georgiano Neto, com 2,27%; a deputada federal Margarete Coelho (PP), com 2,27%; o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Charles Silveira (PSDB), com 1,7% e; o monsenhor Tony Batista (sem partido), 1,7%. (E.R.)

Em todos os cenários, Pessoa e Abreu duelam

O Instituto Amostragem fez pesquisa com seis cenários em que os atuais pré-candidatos são colocados em diferentes listas de intenções de voto estimuladas. Todos os cenários são liderados por Doutor Pessoa e Fábio Abreu.

Em um dos cenários, Doutor Pessoa tem 32,84% das intenções de voto estimuladas; Fábio Abreu tem 21,73%, Fábio Novo, 6,67%; Georgiano Neto, 3,46%, Kleber Montezuma, 6,42% e Silas Freire, 8,15%. Nesse cenário, 16,79% dos eleitores teresinenses não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,73% dos eleitores não sabe ou não opina; e 2,22% dos eleitores querem votar em branco ou nulo.

Em um segundo cenário, Doutor Pessoa tem 31,36% das intenções de voto estimuladas; Fábio Abreu tem 20,49%, Fábio Novo, 7,16%; Georgiano Neto, 3,46%, Silas Freire, com 6,17% e; Sílvio Mendes, 13,33%. Nesse cenário, 14,32% dos eleitores teresinenses não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,73% dos eleitores não sabe ou não opina; e 1,98% dos eleitores querem votar em branco ou nulo.

No terceiro cenário, Doutor Pessoa tem 33,83% das intenções de voto estimuladas; Fábio Abreu tem 22,96%, Fábio Novo, 8,4%; Georgiano Neto, 3,46%, Silas Freire, com 7,65% e; Fernando Said, 2,72%. Nesse cenário, 16,79% dos eleitores teresinenses não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,98% dos eleitores não sabe ou não opina; e 2,22% dos eleitores querem votar em branco ou nulo.

No quarto cenário, Doutor Pessoa tem 33,83% das intenções de voto estimuladas ; Fábio Abreu tem 22,72%, Fábio Novo, 8,4%; Georgiano Neto, 3,7%, Silas Freire, com 8,15% e; Monsenhor Tony Batista, 1,48%.

Nesse cenário, 17,78% dos eleitores teresinenses não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,73% dos eleitores não sabe ou não opina; e 2,22% dos eleitores querem votar em branco ou nulo.

No cenário seguinte, Doutor Pessoa tem 33,58% das intenções de voto estimuladas ; Fábio Abreu tem 23,21%, Fábio Novo, 8,15%; Georgiano Neto, 3,46%, Silas Freire, com 7,65% e; Luciano Nunes, com 4,2%. Nesse cenário, 16,05% dos eleitores teresinenses não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,73% dos eleitores não sabe ou não opina; e 1,98% dos eleitores querem votar em branco ou nulo.

No outro cenário, Doutor Pessoa tem 33,09% das intenções de voto estimuladas ; Fábio Abreu tem 23,21%, Fábio Novo, 8,15%; Georgiano Neto, 3,46%, Silas Freire, com 7,41% e; Charles Silveira, com 3,46%. Nesse cenário, 17,28% dos eleitores teresinenses não querem votar em nenhum dos pré-candidatos à Prefeitura de Teresina; 1,73% dos eleitores não sabe ou não opina; e 2,22% dos eleitores querem votar em branco ou nulo. 

Na espontânea, 70,62% não tem candidato

Na pesquisa de intenções de voto para prefeito de Teresina, feita pelo Instituto Amostragem, 70,62% dos eleitores teresinenses afirmaram não saber em quem votar ou opinar.

Segundo o presidente do Instituto Amostragem, professor universitário e estatístico João Batista Teles, na pesquisa espontânea os entrevistadores não apresentam aos eleitores entrevistados os nomes do pré-candidatos. Assim, os eleitores citam espontaneamente os nomes dos pré-candidatos que querem votar para a Prefeitura de Teresina.

Na pesquisa de intenções de voto, Doutor Pessoa tem 7,41%, seguido do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), que não pode disputar por estar concluindo o quarto mandato, sendo dois mandatos consecutivos, com 6,17%.

O ex-prefeito Sílvio Mendes (sem partido) tem 1,23% das intenções de voto espontâneas e os outros candidatos têm 8,65%.

Os eleitores que querem anular o voto ou votar em branco são 1,23% e os que não querem votar em nenhum candidato e em ninguém são 4,69%. 

FICHA TÉCNICA

A pesquisa com 405 eleitores teresinenses tem uma margem de erro de até 4,77% para mais ou para menos, nas estatísticas apresentadas para o total da amostra levantada. O levantamento foi realizado  entre os dias 13 e 17 de dezembro.

Fonte: Meionorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *