PI: governo vacina os primeiros piauienses contra o coronavírus

O Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde, realizou no pátio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) a imunização dos primeiros piauienses contra a Covid-19.

Durante a cerimônia, foram imunizados seis profissionais de saúde. Os profissionais atuam nos Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella; Hospital Getúlio Vargas; Hospital da Polícia Militar; Hospital Infantil Lucídio Portella, Fundação Municipal de Saúde e Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Representando o prefeito Dr. Pessoa, o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, disse durante a sua fala que o prefeito não teria ido para a solenidade por que estaria se sentindo febril.

A assessoria de comunicação da prefeitura de Teresina informou através de nota que o prefeito “encontra-se em perfeito estado de saúde e sem qualquer sintoma de gripe ou febre”.

A nota diz ainda que “o prefeito cumpriu expediente durante toda a manhã e tarde desta segunda-feira (18) na prefeitura e agora está em casa. O prefeito não participou da solenidade de vacinação do governo do Estado por incompatibilidade de agendas”.

Neste primeiro lote, o Piauí está recebendo 61.160 doses da vacina CoronaVac do Ministério da Saúde. Destes, serão destinados 28.651 mil doses para profissionais da saúde, dez para pessoas com deficiência institucionalizadas, 460 doses para pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas e 21 para indígenas vivendo em terras demarcadas. O quantitativo engloba tanto a primeira e a segunda dose da vacina para os grupos previstos na primeira fase de vacinação do estado do Piauí.

VEJA COMO FOI A VACINAÇÃO

FORAM IMUNIZADOS:

– Joaquim Vaz Parente, médico obstetra de 75 anos, que atua há 45 anos na da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER). Já realizou em torno de 20 mil partos em toda sua vida profissional e fez o terceiro parto da história da MDER;

– Sheyla Barbosa dos Santos, enfermeira de 33 anos, que atua na UTI Covid-19 do Hospital Natan Portella e foi responsável por receber o primeiro paciente com o vírus na unidade de saúde;

– Marta Regina de Sousa Madeira, técnica de enfermagem de 42 anos, funcionária do Hospital Getúlio Vargas (HGV);

– Modestina Bezerra da Silva, a técnica de enfermagem de 60 anos, que atua na UTI Covid-19 do Hospital Infantil Lucídio Portella e trabalha há 35 anos na unidade saúde;

– Ana Maria Brito dos Santos, de 52 anos, enfermeira da ala Covid-19 do Hospital da Polícia Militar, que tem 26 anos na profissão.

– A médica Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS).

VEJA FOTOS

 

Por 180graus

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *