Piauí chega a 180 mortes e volta a bater recorde com 387 casos de Covid em 24 horas

O Piauí voltou a bater recorde de casos confirmados do novo coronavírus em um único dia. Foram 387 testes positivos e mais 12 óbitos nas últimas 24 horas. Os dados constam no boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), divulgado na noite desta segunda-feira (1º).

O recorde anterior era de 277 casos, registrados na última quarta-feira (27), e número bem menor que os apresentados no novo boletim.

Teresina acumula 2.432 casos. Depois da capital, aparecem Parnaíba (579), Picos (197), Barras (183), Campo Maior (161), Esperantina (159) e Água Branca (106).

Dos novos casos, 207 são do sexo feminino e 180 do masculino. O mais jovem tem um ano de vida, e o mais velho, 101 anos.

Novos óbitos
As 12 mortes confirmadas nesta segunda-feira são o segundo maior número de óbitos registrados em um único dia – o recorde é de 15, da última terça-feira (26). O número representa somente falecimentos ocorridos no dia e também testes de pessoas que podem ter morrido em dias anteriores.

Dos novos óbitos, cinco são de Teresina, que chegou a 95 perdas durante a pandemia. Os pacientes eram dois homens, de 70 e 88 anos, e três mulheres, de 34, 61 e 66 anos – as vítimas de 70 e 34 anos não tinham outras doenças que poderiam agravar seu quadro de saúde com a infecção pelo coronavírus.

Miguel Alves registrou sua primeira morte: um homem de 45 anos. Várzea Branca também teve seu primeiro óbito: um paciente de 75 anos do sexo masculino.

Em Pedro II, o segundo óbito de paciente do município foi de um homem de 73 anos. Outros municípios com segunda morte registrada foram Altos – 82 anos, sexo masculino – e Jsoé de Freitas, 54 anos, sexo feminino.

Piripiri e Uruçuí tiveram seu terceiro óbito – mulheres de 70 e 94 anos, respectivamente.

Com mais 12 óbitos, o Piauí acumula 180 mortes ao longo da pandemia.

Situação hospitalar
Mais 14 pacientes tiveram alta – 495 no total acumulado.

Houve redução nas internações em relação ao último domingo – caiu de 507 para 499.

Mas a ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), com pacientes em situação mais grave, subiu de 175 para 183.

 

Fábio Lima/Cidadeverde


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *